Abaixo-assinado encerrado

Não para a prisão domiciliar de Adriana Ancelmo, mulher e cúmplice do Sérgio Cabral

Este abaixo-assinado conseguiu 26 apoiadores!


Permitir prisão domiciliar à senhora Adriana Ancelmo, esposa e cúmplice do ex-governador Sérgio Cabral é debochar do povo brasileiro. O lugar desta senhora é na cadeia, respondendo em cárcere pelos crimes praticados de forma vil e consciente. O povo brasileiro exige respeito do judiciário. Não suportamos mais tanta impunidade e comprometimento dos poderes com a criminalidade. 



Hoje: Maurício está contando com você!

Maurício Vergne precisa do seu apoio na petição «Ministério Público Federal: Não para a prisão domiciliar de Adriana Anselmo, mulher e cúmplice do Sérgio Cabral». Junte-se agora a Maurício e mais 25 apoiadores.