DEVOLVAM MINHAS FILHAS

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


FALANDO DE AMOR E DOR

Me chamo HÉLIA BRAGA, e após 12 anos de casada e morando em Salvador decidi me divorciar a 3 anos e meio. Venho amargando um divórcio litigioso que corre literalmente em favor do meu ex-marido, e manipulado maliciosamente pelo escritório que o assessora, de forma a colocar o pai das minhas filhas e a justiça contra mim. Eu e minhas filhas passamos por várias dificuldades durante este período, quando encontrei melhores oportunidades de vida, estudo e trabalho em Brasília e decidi mudar com as meninas, pois tinha a guarda delas e entendo que não estou fadada a ter que residir eternamente na mesma cidade que o pai delas. Além disso, seria uma forma de transferir o processo para Brasília na expectativa de encontrar uma justiça realmente imparcial.

Viemos para Brasília felizes e cheias de esperança. Aqui fomos muito bem acolhidas por este povo lindo, mas no dia 29 de março de 2018, aconteceu a busca e apreensão das minhas filhas pelo pai, acompanhado por um oficial de justiça, após a juíza me ter retirado a guarda das meninas da forma mais arbitrária e injusta possível. A busca e apreensão, por exigência do pai e de sua advogada, ocorreu na escola em meio a celebração da Páscoa, nos causando muita dor e constrangimento, situação desnecessária, que prova o completo despreparo da nossa justiça e a necessidade de ferir. De forma estúpida minhas duas filhas, de 8 e 10 anos, me foram tiradas dos braços, aos prantos e gritando que queriam ficar com mamãe. O constrangimento foi total, onde as crianças e funcionários da escola choravam copiosamente, ao compartilhar comigo o sentimento de impotência.  Estou sendo injustamente taxada de louca, desequilibrada e incapaz de criar as minhas filhas, estou sendo acusada de ALIENAÇÃO PARENTAL, LITIGÂNCIA DE MÁ FÉ E SEQUESTRO, sem jamais fazer isso. Amo muito e não faria uma atrocidade dessas com elas. Sou uma mulher lúcida, exerço a minha profissão dignamente, sou honesta e juntamente  com o pai das minhas filhas e a justiça, vítima de um escritório de advocacia, sem escrúpulos, que DESTRUIU A FAMÍLIA DAS MINHAS CRIANÇAS!!! Os pais se separem, o pai deixa de fazer parde da família da mãe e a mãe deixa de fazer parte da família do pai, mas os dois constituem a família dos filhos eternamente!

QUANTAS HÉLIAS DA VIDA SEREMOS NESTE PAÍS?!

Nós mulheres não temos que calar, temos que lutar pela felicidade dos nossos filhos! Estou sendo acusada de absurdos, com base em provas caluniosas e manipuladas, que não foram apuradas, mas friamente acatadas.

EU SÓ QUERO JUSTIÇA!!!

AS MINHAS FILHAS ME FORAM ARRANCADAS PELA DOR, MAS VOLTARÃO PARA MIM PELO AMOR!!!



Hoje: Helia está contando com você!

Helia Braga precisa do seu apoio na petição «MINISTÉRIO PÚBLICO: DEVOLVAM MINHAS FILHAS». Junte-se agora a Helia e mais 1.508 apoiadores.