DIGA NÃO ao veto do termo 'violência obstétrica' pelo Ministério da Saúde !!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


São vidas sendo agredidas, traumatizadas e talvez, nunca recuperadas!

O nascimento é um, se não o mais importante momento na vida de uma pessoa e de sua família e assim como eu vivi a violência obstétrica no meu nascimento, acredito que muitos de vocês também conhecem algum caso de agressão, seja física, verbal ou emocional, durante a gestação, no parto ou pós parto.

A violência obstétrica SEMPRE existiu... Foram ANOS de luta para começar mudar esse cenário, trazendo mais humanização e respeito ao parto, e agora mais um retrocesso!! QUEREM VETAR O USO DO TERMO VIOLÊNCIA OBSTÉTRICA!

Mas o que se compreende como violência obstétrica?

Violência obstétrica - Toda ação ou omissão direcionada à mulher durante o pré-natal, parto ou período puerpério, que cause dor, dano ou sofrimento desnecessário. São consideradas violência obstétrica práticas como xingamentos, recusa de atendimento, proibição de acompanhante, intervenções e procedimentos médicos desnecessários, entre outras.” Fonte: MDH - 2018.


Ajude para que isso não aconteça!! Assine a petição e faça com que sua voz chegue nas mãos das autoridades responsáveis!!


#Para saber mais: