Pela liberação do canabidiol para tratamentos veterinários! Minha gata precisa URGENTE

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 75.000!


Meu nome é Simone Gatto, sou ativista da causa animal, tenho 11 animais - 5 deles deficientes. Aqui falo em nome de minha gata paraplégica Denise, de 15 anos. Ela é o primeiro animal no Brasil que está usando o remédio canabidiol (CBD) para aliviar suas dores e controlar as convulsões.

Há dois meses começamos o tratamento com o remédio, que é fornecido pela farmácia de manipulação veterinária DrogaVET, e a melhora da Denise foi surpreendente! As convulsões, que antes ocorriam de 5 a 8 vezes ao dia, diminuíram consideravelmente, para de 2 a nenhuma ao dia. 

Só que infelizmente esta semana fui informada sobre uma suspensão cautelar da distribuição do remédio. Isso ocorreu por conta de uma denúncia anônima feita ao Ministério da Agricultura, responsável pela fiscalização desse tipo de substância, que é o cannabidiol isolado, puro, sem NENHUM efeito alucinógeno - diferente do cannabidiol associado, cuja liberação é controlada pela Anvisa. Quem denunciou a farmácia confundiu essas questões, interrompeu o tratamento da Denise e impossibilitou o mesmo para tantos outros animais que sofrem e precisam dele!

A impossibilidade de continuar o tratamento de minha gata irá trazer consequências péssimas no estado de saúde dela. Denise foi resgatada e sofre com artrite, artrose, hérnia de disco, bico de papagaio, polirradiculite (inflamação de raízes nervosas), hiperestesia (excesso de sensibilidade) à dor e ainda tem a coluna quebrada em oito lugares. O cannabidiol foi a única substância a ter um efeito tão positivo e proporcionar qualidade de vida à minha gata. 

Mas não é apenas a Denise que precisa desse remédio ou que pode vir a precisar um dia. Esta decisão afeta CENTENAS de animais! Não podemos aceitar isto sem luta, precisamos que este remédio seja liberado URGENTE! Pela vida e dignidade da minha gata e outros milhares de animais.