Confirmed victory

A produção de carne suína no Brasil é extremamente cruel com os animais. Nós ficamos horrorizados ao descobrir que grande parte das porcas reprodutoras passam praticamente suas vidas inteiras presas em celas de gestação, tão pequenas que elas mal podem se mover. Porcos são animais muito inteligentes, até mesmo mais inteligentes do que cães. O sofrimento das porcas reprodutoras é um dos piores dentre todos os animais criados para consumo. Estudos mostram que o confinamento em celas gera tédio, frustração, trauma psicológico e diversos problemas de saúde nesses animais.

 

Por isso nós estamos pressionando o McDonald’s, não somente por ele ser um grande comprador de carne suína, mas porque nos Estados Unidos eles já se comprometeram a abolir essas celas, admitindo publicamente que elas “não são um sistema de produção sustentável” e cobrando essa mudança dos seus fornecedores.

 

Os brasileiros estão começando a pesquisar mais a origem dos alimentos que consomem e esta campanha serve justamente para mostrar que estamos cada vez mais interessados em comprar alimentos e produtos que tenham uma origem ética e sustentável. Se o McDonald's abolir as celas de gestação para porcas, poderemos usá-lo como exemplo para que outras empresas façam o mesmo.

 

Se vencermos, podemos dar início a um mercado mais comprometido a eliminar práticas cruéis na produção de alimentos!

 

Não deixe de fazer parte deste movimento! Assine e divulgue esta petição em seus e-mails, Facebook, Twitter e quaisquer outros meios. Juntos podemos exigir que o McDonald’s seja coerente e DIGA NÃO às celas de gestação também no Brasil e em toda a América Latina.

 

Ellen Jabour, Eduardo Pires e Thaila Ayala em apoio à campanha da ARCA Brasil

Letter to
Arcos Dorados, empresa que opera a marca McDonald’s na América Latina Leonardo Lima, Diretor de Sustentabilidade
Em apoio à campanha da ARCA Brasil, eu peço que o McDonald’s se comprometa a eliminar o uso de celas de gestação para porcas reprodutoras no Brasil, e em toda a América Latina. Essas celas são cubículos minúsculos de barras de metal onde os animais passam praticamente suas vidas inteiras, sem mal poder se mover. O McDonald’s já se comprometeu a eliminar essa prática tão cruel nos EUA e por isso deve ser coerente e fazer o mesmo no Brasil e na America Latina.