Abaixo-assinado encerrado

Conheçam e assinem nosso manifesto em prol da construção do Conselho Profissional dos Jornalistas no Brasil.

Este abaixo-assinado conseguiu 949 apoiadores!


Manifesto: um convite à participação

O grupo Jornalistas Pró-Conselho Profissional vem se reunindo desde abril de 2013 para debater os caminhos da categoria para organizar um conselho profissional no país. Com esse objetivo, elaborou um texto que traça um breve diagnóstico da profissão, divulgado em setembro de 2013 (Mudanças no jornalismo exigem novas formas de organização da profissão: por um conselho profissional de todos os jornalistas), e está realizando uma série de conversas com colegas, instituições, movimentos e personalidades da sociedade civil para recolher opiniões, experiências e debater os pontos de vista que defende sobre o assunto.

Os Jornalistas Pró-Conselho Profissional têm como base de atuação os objetivos e princípios definidos a seguir:

1 – Fazer a defesa dos jornalistas no exercício da profissão, de forma complementar e não concorrente com o trabalho das organizações e instituições já existentes;

2 – Debater permanentemente e divulgar, quando for o caso, apreciações sobre a conduta ética e o emprego das melhores práticas do jornalista, atuando nessa área com base nas seguintes premissas:

– os jornalistas devem aliar à busca pela liberdade no exercício da profissão o respeito e a responsabilidade com os assuntos e as pessoas e instituição envolvidas na notícia (adotamos o pensamento filosófico de Espinosa para quem ser livre implica assumir o conjunto dos nossos atos e saber responder por eles);

– um conselho profissional deve atuar como indutor da ética e das melhores práticas no exercício da profissão, manifestando-se sobre as falhas cometidas após a devida apuração e depois de garantido o direito à plena defesa, em conformidade com o que estabelece a legislação brasileira;

– o jornalista só pode responder pelos erros que efetivamente cometer. Os veículos jornalísticos devem ser responsabilizados quando alterarem o trabalho do jornalista;

3 – Contribuir para a melhoria da qualidade do ensino de Jornalismo no país;

4 – Defender a liberdade de expressão, a liberdade de imprensa e os direitos fundamentais dos cidadãos definidos na Constituição cidadã de 1988.

Uma das consequências da nossa luta deve ser a elaboração de um Estatuto para o jornalista brasileiro que sirva como referência para os profissionais.

O objetivo imediato do grupo é a organização de um encontro nacional de jornalistas, em abril de 2015, para debater a institucionalidade de um conselho profissional dos jornalistas, sua forma de organização e os passos necessários até a sua constituição.



Hoje: Jornalistas está contando com você!

Jornalistas Pró - Conselho precisa do seu apoio na petição «Jornalistas do Brasil: Conheçam e assinem nosso manifesto em prol da construção do Conselho Profissional dos Jornalistas no Brasil.». Junte-se agora a Jornalistas e mais 948 apoiadores.