Justiça por Micheli Paiva

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Justiça por uma jovem mãe que teve sua vida interrompida por um homem sem amor próprio, que tirou a vida da mãe de sua filha, porque não aceitou o fim do relacionamento.

Ele pode ser solto dia 20/11/2020, jamais aceitaremos isso, ele foi réu confesso e foi preso durante o prazo da flagrância.

Ele não pode ser solto. Ele tem que cumprir sua pena todaaaaaaaaa.