INSS - Aproveitar trabalhadores concursados em vez de demití-los e colocar militares

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Mais de 1 milhão de pessoas esperam há mais de 45 dias para o INSS analisar seus pedidos de benefícios. Esta fila monstruosa, que voltou após uma melhoria, tem causa clara: a falta de força de trabalho. Esta, causada pelo sucateamento das agências, com menos funcionários, horários reduzidos, e algumas até fechadas.

Ao mesmo tempo, milhares de servidores públicos estão sendo demitidos pelo fechamento das unidades regionais da Dataprev, dos escritórios do Serpro, tendo estes servidores:

  • Aprovação em concurso
  • Anos de experiência - às vezes décadas - inclusive em sistemas do INSS
  • Treinamentos variados na área de TI - muitos com certificações

Com servidores faltando no INSS e "sobrando" em outros órgãos, o governo Bolsonaro propôs convocar militares para prestar atendimento. Assim, ele:

  • Desperdiça o conhecimento e o investimento em milhares de trabalhadores
  • Joga estes trabalhadores no olho da rua
  • Militariza o INSS - uma forma de aparelhamento
  • Causa mais gastos e espera com treinamento - estimado pelo governo em 6 meses - ao contrário dos servidores já praticamente prontos.

Vamos dizer um sonoro NÃO a esta gambiarra. O INSS merece força de trabalho especializada, os trabalhadores merecem trabalho digno e o povo merece atendimento qualificado o quanto antes!

Resumindo: em vez de tirar seus empregos, coloquem os trabalhadores para servir ao povo!

Força SEMPRE!