Água, Luz e Gás - Suspenda já a cobrança em Minas Gerais!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Diante da pandemia do coronavírus e suas consequências, exigimos que o Estado de Minas Gerais garanta a imediata suspensão da cobrança de água, luz e subsidie a compra de gás de cozinha para a população mineira, sobretudo os mais empobrecidos.

Água, energia e gás são bens essenciais para a sobrevivência, principalmente neste momento em que o isolamento social é a melhor medida para preservar a vida. É dever do estado garantir o fornecimento desses serviços gratuitamente, possibilitando que as famílias mineiras mais vulneráveis,  desempregadas e com redução de renda possam reduzir os custos de vida e se preocupar com o essencial.

Por isso propomos que enquanto durar o estado de calamidade pública, sejam adotadas as seguintes medidas:

1. A CEMIG deve garantir a isenção do pagamento das contas de luz à toda a população de baixa renda, bem como àqueles que consumirem até 200Kwh/mês.

2. A COPASA e os SAAE ́s devem garantir a isenção do pagamento das contas de água à toda a população de baixa renda, bem como àqueles que consumirem até 6m³ de água por mês.

3. O Estado deve subsidiar integralmente o gás de cozinha para todas as famílias de baixa renda, cortar o ICMS sobre o gás e garantir o preço justo de R$40,00 por botijão de 13Kg para o restante da população.

Assine e divulgue esta petição. Estas iniciativas são parte da “Plataforma Estadual de Emergência: Reivindicações ao Governador Romeu Zema frente a pandemia do coronavírus”, assinada por mais de 190 entidades de Minas Gerais. Saiba mais em: Brasil de Fato

Que o estado garanta renda, direitos e saúde pública para que o povo possa ficar em casa!