Petition Closed
Petitioning Secretário de Segurança Pública Fernando Grella Vieira and 3 others

Governador Alckmin e Secretário de Segurança Pública: Proíba o uso de bala de borracha e gás de efeito moral contra manifestantes

O despreparo da Polícia Militar em lidar com uma mobilização democrática foi notório na última manifestação contra o aumento das passagens. Eu, Sérgio Silva, 31 anos, fotógrafo parceiro da Agência Futura Press, estou sofrendo na pele as consequências da violência contra a marcha. Fui atingido no olho esquerdo por uma bala de borracha, enquanto cobria a manifestação da quinta feira 13 de junho de 2013.

Muitos outros companheiros da imprensa também foram atingidos enquanto estavam trabalhando, cumprindo o importante papel da imprensa para o aprofundamento da democracia. Sou testemunha de que cidadãos que protestavam pacificamente, ou simplesmente transeuntes voltando do trabalho, e que se depararam com a manifestação, também foram vítimas.

Todo cidadão tem o direito de sair às ruas para reivindicar seus direitos sem temer uma repressão por parte da Polícia. Assim, lanço um abaixo-assinado, pedindo a proibição do uso da bala de borracha e gás de efeito moral, pela PM, contra manifestantes.

O Estado deve formar policiais que tenham outras repostas para as manifestações que não sejam a violência e para que armas desse nível não sejam utilizadas no acompanhamento de manifestações, onde a sociedade busca defender seus direitos. É necessário repensar como a Polícia deve agir. Dessa forma, defendo que a extinção dessas armas deve ser imediata.

Letter to
Secretário de Segurança Pública Fernando Grella Vieira
Secretário da Casa Civil Edson Aparecido
Governador de São Paulo Geraldo Alckmin
and 1 other
Comandante Geral da Polícia Militar de São Paulo Benedito Roberto Meira
Devido ao número de incidentes causados pelo uso de balas de borracha pela Polícia Militar de São Paulo durante a última manifestação de 14 de junho de 2013, contra o aumento da passagem, nós pedimos a proibição total do uso de armamentos desse porte pela PM contra manifestantes. Está claro que há um total despreparo e irresponsabilidade do uso da bala de borracha, comprovado por exemplo, pelos inúmeros casos de profissionais da imprensa que foram atingidos e claro, de manifestantes.