Tombamento como Patrimônio histórico: Igreja do Sagrado coração de Jesus - Petrolândia/PE

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Retrato de um futuro interrompido, a imponente igreja do Sagrado Coração de Jesus, de Petrolândia (PE), construída na década de 40 como uma promessa do progresso esperado, antes de ser concluída foi inundada pelas águas da Barragem de Itaparica.
Fruto do projeto do Governo Vargas, idealizado por Apolônio Sales, a igreja é parte integrante do conjunto arquitetônico do Núcleo Colonial de Barreiras, pioneiro entre as demais Colônias Agrícolas implementadas nos diversos Estados do país.
Surpreendentemente sua base e estrutura sólidas resistiram aos 13 milhões de metros cúbicos de água. Desafiando o destino imposto pelo progresso, que escolhe aqueles que devem ser sacrificados em benefícios de outros, a igreja manteve-se de pé à mostra. Como a solidarizar-se com o povo em seu sofrimento ela se impôs à paisagem e resiste há mais de 30 anos.
Por todos esses significados e em respeito à memória dos atingidos pela barragem, o IGH – Instituto Geográfico e Histórico de Petrolândia, e a sociedade civil organizada, vem por meio deste solicitar à FUNDARPE a inclusão da IGREJA SEMI SUBMERSA, única no mundo, como Patrimônio Cultural Histórico de Pernambuco no livro tombo do Estado.
Petrolândia, 01 de outubro de 2020.