Dória, não acabe com atendimento psicológico oferecido a Suzanenses!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 50.000!


Em pleno “Setembro Amarelo”, Dória novamente volta atrás na decisão de manter o Projeto Raul Brasil até dezembro/2020. Agora, fomos novamente surpreendidos com a demissão de 4 Psicólogos nesta semana e com a informação de que em outubro outros 5 serão demitidos, em novembro mais 5 e em dezembro os 15 restantes.

As tratativas do Estado não encontram coerência. Em julho, foi anunciado o fim do projeto de forma repentina e, após conversas entre as autoridades, ficou acordado pela sua continuidade até dezembro. Em agosto houve novamente a quebra do acordo, uma nova comoção culminou na promessa de fazer com que o projeto continuasse até dezembro, porém com a demissão imediata dos profissionais administrativos.

Nossa preocupação neste momento está no fato de que, demitindo psicólogos aleatoriamente, os profissionais não conseguem trabalhar uma forma humana de desligamento dos pacientes em atendimento, uma vez que não sabem em qual data serão desligados do trabalho.

Ressaltamos que a saúde mental demanda um cuidado no encaminhamento dos pacientes que muitas vezes levam tempo para construir uma relação de confiança com o profissional que o atende. Contamos com a população para que possamos atingir 50.000 assinaturas. Queremos mostrar ao governador que a saúde mental deve ser tratada com respeito e seriedade.