Abaixo-assinado encerrado
Pressionando Deputados Federais e Senadores

Deputados Federais e Senadores: Impunidade, não! MP com poder de investigação! #NãoPEC37

Está em votação no Congresso Nacional uma Proposta de Emenda Constitucional, a PEC 37, também conhecida como "PEC da Impunidade", que tira o poder de investigação dos Ministérios Públicos Estaduais e Federal. Caso seja aprovada, praticamente deixarão de existir investigações contra o crime organizado, desvio de verbas, corrupção, abusos cometidos por agentes do Estado e violações de direitos humanos.

A proposta atenta contra o regime democrático, a cidadania e o Estado de Direito e pode impedir que outras Instituições também investiguem (Receita Federal, COAF, TCU, CPIs etc).

A Constituição Federal permite que o Ministério Público investigue, assim também o fazem outras leis como, a Legislação Eleitoral, o Estatuto da Criança e do Adolescente e o Estatuto do Idoso. O STF já proclamou que o MP também deve investigar.

Os grandes escândalos sempre foram investigados e denunciados pelo Ministério Público, que atua em defesa da cidadania de forma independente.

A QUEM INTERESSA ENTÃO RETIRAR O PODER DE INVESTIGAÇÃO?

A PEC da Impunidade já foi aprovada em comissão e poderá ser votada em plenário pela Câmara dos Deputados a qualquer momento. Defenda o MP para que ele continue fazendo um trabalho sério, competente e tão necessário para combater o crime e a corrupção no Brasil!

Este abaixo-assinado foi entregue para:
  • Deputados Federais e Senadores


    Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) fez este abaixo-assinado do zero e agora já tem 7.039 apoiadores. Faça você também um abaixo-assinado e mude o que você quiser.




    Hoje: Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) está contando com você!

    Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) precisa do seu apoio na petição «Deputados Federais e Senadores: Impunidade, não! MP com poder de investigação! #NãoPEC37». Junte-se agora a Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) e mais 7.038 apoiadores.