1 resposta

Contra a homologação do curso de Medicina Veterinária em EAD

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 75.000!


A metodologia a distância não possui competência para a formação de profissionais qualificados para o exercício da profissão, colocando vidas em risco. A profissão está diretamente atrelada à prática, não sendo viável a formação de profissionais minimamente preparados sem a vivência das disciplinas presencialmente.

Graduação em Medicina Veterinária e seus conteúdos teórico-práticos devem ser ministradas exclusivamente em modalidade presencial. A modalidade não coincide com a profissão não sendo capaz de garantir um serviço de qualidade e seguro à população, não havendo jurisprudência para a formação de profissionais com competência para atuar nas diversas áreas que a compõem como clínica e cirúrgica, Agronegócio e produção animal, Vigilância e inspeção, Perícia Medica Veterinária, Veterinária esportiva, Saúde pública, Pesquisa e desenvolvimento e Ensino, preservando a vida, saúde e bem estar dos animais e pessoas.

Por meio deste abaixo assinado o Centro Acadêmico de Medicina Veterinária da UNAMA requere ao Conselho Federal de Medicina Veterinária e Conselhos Regionais apoio a causa. O Ministério da Educação ao permitir a criação de graduação à distância, em Medicina Veterinária não compreendeu a gravidade dos impactos que vão resultar a parti da decisão. Promovendo uma formação inadequada, sem suprir as necessidades necessárias para a graduação de profissionais qualificados, causando impacto direto na sociedade. Com isso procuramos evitar a banalização na formação de Médicos Veterinários.