VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: Não basta tirar do ar, é preciso punir o agressor!

VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER: Não basta tirar do ar, é preciso punir o agressor!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 25.000!
Com 25.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!

Sara Kaliana Almeida criou este abaixo-assinado para pressionar Congresso Nacional e

Assine para que Instagram, Facebook, Twitter e Youtube sejam obrigados a comunicar as denúncias de violência contra mulher à Polícia e ao Ministério Público! Não basta tirar do ar, é preciso punir o agressor!

Milhares de mulheres são agredidas no Brasil diariamente, e esse número só cresceu durante a pandemia: uma em cada quatro mulheres foi vítima de violência doméstica desde janeiro de 2020. A impunidade do agressor reforça esse comportamento - hoje, só um em cada três casos de violência contra mulher é resolvido.

Vimos recentemente casos de agressões, como do DJ Ivis contra sua ex-mulher, serem compartilhadas nas redes sociais, e os agressores, além de ficarem impunes, ganham seguidores e engajamento. As redes sociais precisam ter a obrigação de encaminhar as denúncias diretamente aos órgãos competentes!

MAIS DO QUE RETIRAR O CONTEÚDO, AS EMPRESAS DEVEM SER OBRIGADAS POR LEI A ENCAMINHAR ESSAS DENÚNCIAS À POLÍCIA! BASTA DE IMPUNIDADE! 

Autores desta petição:

- Sara Kaliana, Psicóloga, atua como Psicóloga Social do projeto Jovem Aprendiz.

- Débora Meiko, Pedagoga, estudante de psicologia, responsável pelo projeto Amigos Plantando o Bem, responsável pelas casinhas se leitura de Taubaté, voluntária do Reflora

- Gustavo Malacco, Biólogo, ambientalista, militante no terceiro setor.

- Guilherme Gonçalves, profissional do Mercado Financeiro em São Paulo, focado em ações com foco em educação e formação/profissionalização de jovens. Atuação junto à iniciativa privada em ações e projetos de apoio e promoção de educação de jovens vulneráveis.

- Erick Santos, advogado, mestre e doutorando em Direitos Humanos pela USP, diretor do Movimento Acredito e ativista pela educação e inclusão digital

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 25.000!
Com 25.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!