Distrito Federal sem canudos.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 10.000!


 

Os estudantes do 4°e 5° anos do Centro Educacional Agrourbano Ipê realizam projeto que visa à redução de lixo plástico, incluindo canudos. 

A poluição de plástico está afetando a vida dos animais aquáticos. Os canudos de plástico estão entre os itens que mais contribuem para a poluição do meio ambiente. Eles demoram para se decompor na natureza e geram microplásticos.

O que agrava ainda mais esse quadro é o fato de que os canudos, assim como outros plásticos, não são reciclados e demoram centenas de anos para se decompor na natureza.

Avalia-se que 90% dos animais marinhos já tenham ingerido plástico ou microplástico ao longo de suas vidas.  Conforme dados apresentados pela ONU estima-se que, até 2050, deve haver mais plástico do que peixes nos oceanos.

Além disso, como outros plásticos, os canudos são feitos a partir do petróleo, um recurso não renovável, e requerem gastos altíssimos de energia para sua produção.

Na maioria das vezes, os plásticos acabam nas ruas, nos lixões, aterros e principalmente nos rios e oceanos.

O cenário é tão grave que já se fala em crise global do plástico e vários países e cidades brasileiras têm tomado medidas efetivas para combater esse problema antes que seja muito tarde.

A cidade do Rio de Janeiro já criou uma lei proibindo o uso de canudos na cidade.

Chegou a hora do Distrito Federal fazer a sua parte!! Câmara Legislativa do Distrito Federal e Senhores Deputados, elaborem leis para a redução do lixo plástico. Assine você também e ajude a divulgar este abaixo-assinado!