Exigimos a criação de um projeto Anti-assédio no Centro Paula Souza.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


As alunas do CPS estão cansadas dos recorrentes casos de assédio sexual dentro das ETECS e FATECS, casos são reportados e não são levados adiante pela administração e coordenação do Centro Paula Souza o que acaba levando a maiores constrangimentos as vítimas.Quando tomadas as medidas são de realocação dos ASSEDIADORES para outras etecs e fatecs, o que continua colocando em risco alunas, muitas menores de idade, pedimos auxilio do centro na punição e EXIGIMOS a exoneração dos ASSEDIADORES. Caso haja o pedido de enquadramento nós crimes de importunação sexual segundo a Lei 13.781/18 e/ou de Pedófilia nos casos de menores segundo a Lei 8.069/90 exigimos tambem a contribuição do CPS com as possíveis investigações.

A priori propomos um projeto de REEDUCAÇÃO IMEDIATA NA CONDUTA DOS PEOFESSORES E PROFESSORAS para que não aconteçam novos casos, caso haja novos e também referente aos casos em "apuramento" A EXONERAÇÃO IMEDIATA MEDIANTE A CONFIRMAÇÃO DO CASO E O AFASTAMENTO NÃO REMUNERADO durante apuração.

NÃO PODEMOS TRATAR MAIS COMO CASOS ISOLADOS ESSES ACONTECIMENTOS RECORRENTES, PEDIMOS IMEDIATAMENTE A INSTAURAÇÃO DE UM POLITICA QUE ATENDA OS CRITERIOS CITADOS ACIMA.

Etecquianas e fatecquianas merecem respeito!