CARTA ABERTA DOS POVOS ORIGINÁRIOS DO BRASIL

CARTA ABERTA DOS POVOS ORIGINÁRIOS DO BRASIL

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 25.000!
Com 25.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!
Instituto Nawá criou este abaixo-assinado para pressionar População da República Federativa do Brasil e

Sabemos que a Floresta Amazônica é considerada o coração do mundo por ser o maior polo de biodiversidade do planeta, e vivemos em uma nova era onde a sociedade está plenamente ciente da necessidade de preservação da vida e do meio ambiente.

Paralelamente, segundo nossas tradições originárias estamos vivendo o Novo Pensamento, conhecido como Xinã Bena. Após séculos de perseguição, exploração e conflitos, estamos ganhando voz ativa na sociedade e acreditamos que é chegado o momento de abrir-nos para interagir com o mundo todo.

Neste Novo Tempo, todos colaboramos e juntos cocriamos um novo mundo, feito por nós, Povos Coloridos: todas as raças de todas as cores alcançam uma nova forma de sentir e integrar o verdadeiro Xinã Bena e atuar em prol das florestas. Cientes de nossa importância e nossos direitos, queremos mostrar nosso legado cultural e nossa maneira de enxergar o ser humano como parte da natureza.

Estamos gritando por atenção há mais de 500 anos. Nossa premissa é engajar cada vez mais pessoas na conservação da biodiversidade e desta cultura ancestral que tanto pode ajudar o planeta com nossos conhecimentos milenares sobre viver em harmonia com a floresta.

Pedimos pela REJEIÇÃO do Projeto de Lei 490 de 2007, que está tramitando na Câmara dos Deputados e versa sobre a mudança na legislação sobre a demarcação de territórios dos Povos Originários no Brasil. O texto do PL 490, e seus adendos, abre caminho para nosso extermínio e a desertificação da Floresta Amazônica. Sendo assim, é irrefutável que este projeto de lei deve ser REJEITADO em sua totalidade pela Casa Legislativa deste país, bem como os demais projetos que tramitam com o mesmo tema e propósito.

Por fim, estamos cientes de uma urgência global e incorporamos uma agenda de políticas de proteção e defesa planetária quando falamos do maior berço da biodiversidade do planeta. Somos o movimento de mudança, somos os Guardiões da Floresta.

Assinam essa carta [em contagem progressiva]:

Pajé Txaná Ixã, Pajé Txaná Kixtin, Ibã Huni kuin, Eduardo Pizaroli [Tete Beru], Shane Inu Bake [Guilherme Meneghelli], Camila Saibro, Mathilde Everaere, Flora Dutra, Advan Haschi, Rael Castro, Hugo Takemoto, Daniel Heberle, Graziele Borges, Gabriela Guidetti, Chloe Malkine, Nathalie Malkine [Pranad Monja do Amor], Vhera Xunú, Cacique Nasso, Cacique Geral da Nação Huni Kui Ninawa Inu Huni KuĪ...

- English Version below:

We know that the Amazon Forest is considered the heart of the world for being the biggest biodiversity hub on the planet, and we live in a new era where the society is fully aware of the need to preserve the environment.

At the same time, according to our indigenous traditions, we are living the New Thought, known as Xinã Bena. After centuries of persecution, exploitation and conflict, we are gaining a voice in society and we believe that the time has come to open up to interact with the whole world.

In this New Time, we all collaborate and together we co-create a new world, made by us, Colored Peoples: all races of all colors reach a new way of feeling and integrating the true Xinã Bena and acting in favor of the forests. Aware of our importance and our rights, we want to show our cultural legacy and our way of seeing human beings as part of nature.

We've been screaming for attention for over 500 years. Our premise is to engage more and more people in the conservation of biodiversity and this ancestral culture that can help the planet so much with our millenary knowledge about living in harmony with the forest.

We ask for the REJECTION of Bill 490 of 2007, which is being processed in the Chamber of Deputies and deals with the change in the legislation on the demarcation of indigenous lands in Brazil. The text of PL 490, and its addenda, paves the way for our extermination and desertification of the Amazon Forest. Therefore, it is irrefutable that this bill must be REJECTED in its entirety by the Legislative House of this country, as well as other bills that are under the same theme and purpose.

Sign this letter:

Pajé Txaná Ixã, Pajé Txaná Kixtin, Ibã Huni kuin, Eduardo Pizaroli [Tete Beru], Shane Inu Bake [Guilherme Meneghelli], Camila Saibro, Mathilde Everaere, Flora Dutra, Advan Haschi, Rael Castro, Hugo Takemoto, Daniel Heberle, Graziele Borges, Gabriela Guidetti, Chloe Malkine, Nathalie Malkine [Pranad Monja do Amor], Vhera Xunú, Cacique Nasso, Cacique Geral da Nação Huni Kui Ninawa Inu Huni KuĪ...

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 25.000!
Com 25.000 assinaturas, esta petição se torna uma das mais assinadas na Change.org!