cassação de Eduardo Bolsonaro: Após defesa de “novo AI-5”

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 5.000!


As ameaças feitas pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) de que poderia ser acionado um mecanismo similar ao Ato Institucional nº 5 (AI-5) em caso de radicalização da esquerda.

A apologia do filho do presidente ao AI-5, que significa o fechamento do Congresso e a perseguição de opositores, é um crime contra a Constituição e as instituições democráticas.

Atentar contra a democracia é crime previsto no artigo 5º da Constituição.

Brasileiros e brasileiras, não podem aceitar que um parlamentar ataque e desrespeite a nossa frágil democracia, conquista com luta e derramamento de sangue. 

O AI-5 (Ato Institucional número 5), marco do período mais duro da ditadura militar brasileira, foi editado em 13 de dezembro de 1968, no governo do marechal Costa e Silva, e deixou um saldo de cassações, direitos políticos suspensos, demissões e aposentadorias compulsórias.

O mais radical decreto do regime também abriu caminho para o recrudescimento da repressão, com mortes e desaparecimentos de militantes da esquerda armada.

Assine o abaixo assinado e vamos exigir a cassação do deputado Eduardo Bolsonaro.