Fim do alistamento militar obrigatório no Brasil

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Na maioria dos países, que inclusive se envolvem em guerras, já não existe esta obrigatoriedade. Muitos jovens têm seus planos interrompidos aguardando uma definição que nem sempre vai de encontro com seus anseios por algo como o Serviço Militar Obrigatório. Existe um gasto administrativo muito grande todos os anos com esse processo seletivo. Um grande número de jovens que se apresentam para o alistamento obrigatório não têm o menor interesse algum em estarem lá. Tem que interromper seus estudos, suas atividades, para se apresentar em juntas militares. Está mais do que claro que o efetivo que é absorvido pelas forças armadas seria suprido por voluntários que tem em número maior que o suficiente. A obrigatoriedade não é necessária, ainda teria muita procura para o alistamento por pessoas que querem realmente servir, vestir uma farda. Em resumo a obrigatoriedade é uma ideia inteiramente retrógrada.