Abaixo-assinado encerrado

#SkatePlazaAnaliaFranco

Este abaixo-assinado conseguiu 1.679 apoiadores!


REFERÊNCIA HISTÓRICA

O Brasil é hoje uma das grandes potências no skate, perdendo apenas para os Estados Unidos seja em títulos ou quantidade de praticantes. Nosso país já possui títulos nas mais diversas modalidades: street, vertical, freestyle, downhill, bowl, megarampa. O número de praticantes é impressionante: são 3.860.000 (três milhões e oitocentos e sessenta mil) skatistas no país (de acordo com o último levantamento feito pelo Datafolha em 2009), consequentemente, ele é considerado o segundo esporte mais praticado no país (perdendo apenas para o futebol).

O crescimento desse recente esporte radical (que surgiu na década de 60 na Califórnia e que chegou ao Brasil na década de 70) também é impressionante e tal fato também se tornou tema produções culturais importantes no país, como por exemplo o livro “A onda Dura” de Eduardo de Brito ou o documentário “Vida Sobre Rodas” de Daniel Baccaro.

Devido a isso, o surgimento de novas pistas no país é cada vez mais comum, desde os “cimentados” e obstáculos feitos pelos próprios praticantes aos grandes empreendimentos e/ou palcos de campeonatos de nível internacional.

UM  PROBLEMA COMUM

Com o aumento da demanda no esporte, infelizmente são muito comuns os exemplos de pistas em condições precárias, sejam elas mal projetadas ou mal construídas, espalhadas pelas nossas cidades.

Em São Paulo, tínhamos reconhecidamente até o final de 2015 uma das piores pistas da cidade na praça Anna dos Santos Figueiredo, na Anália Franco, situação essa que estava prestes a mudar.

O PROJETO DOADO

No início de 2015, o então Subprefeito teve a intenção de realizar no espaço da praça subutilizada uma das melhores pistas da cidade, ainda que sem uma definição da verba que seria utilizada para tal empreendimento.

Como arquitetos e skatistas, nós - Fábio Lanfer e Luccas Arná - doamos à prefeitura um projeto de arquitetura para a pista de skate com uma visão de aproveitar todo o potencial da área e atender ao máximo as modalidades existentes além de, claro, os mais diversos níveis de skatistas que viriam a utilizar a área.

Com respeito ao desenho urbanístico do projeto original da praça, foram setorizadas áreas para street, bowl e banks, sendo a primeira a de maior demanda na região.

CONSTRUÇÃO INICIADA

No meio do ano de 2015 foi liberada uma verba que, segundo o poder público, seria possível executar apenas parte da pista. Mesmo com essa negativa, indicamos as possíveis fases orientando o início pela parte de street. Não obtivemos mais retorno das equipes da subprefeitura. Quando visitamos o local a construção havia sido iniciada por outra fase daquela orientada em projeto (o projeto consiste de 3 etapas), hoje a pista já está bem diferente daquilo que era, o que representou uma grande vitória para o skate da região.

Ainda assim, o projeto que já havia sido fatiado, foi deixado desconexo (partes de obstáculos como paredes voltadas para a grama) e jamais foi retomado! 

APOIO NA LUTA

Juntamente com a importante mediação que tivemos - desde o início do processo - da Confederação Brasileira de Skate (CBSK) através do Edson Scander e Henrique Alves, com o apoio da mídia especializada através do Allan da editora ZY (Revista CemporcentoSKATE), também com o importantíssimo apoio da então Secretaria Municipal de Esportes e Lazer através do Carlos Pretto e acompanhamento de outros como Roberto Maçaneiro da Federação Paulista de Skate, do mestre George Rotatori na consultoria para execução da obra, e claro com o engajamento dos skatistas locais, lutamos ainda para atingir o potencial projetado inicialmente.

COMO VOCÊ PODE AJUDAR?

A construção das próximas fases depende de novas verbas a serem destinadas à finalização da obra. Isso somente será conseguido via pressão popular.

Procuramos o apoio de todos os skatistas e interessados no prosseguimento da construção dessa importante estrutura de esporte e lazer que está se tornando a Skate Plaza Anália Franco.

Junte-se à mobilização dos skatistas pelas redes sociais através dos perfis do @SkatePlazaAnalia no Instagram, @Skate Park Anália Franco no Facebook. Nelas é possível ver fotos e vídeos da pista atualmente e em pleno uso. Espalhe a ideia entre seus amigos e conhecidos.

Assine o abaixo-assinado para conseguirmos a finalização da construção desta pista para todos os skatistas!



Hoje: Fábio está contando com você!

Fábio Lanfer Marquez precisa do seu apoio na petição «Câmara dos Deputados, Vereadores, George Hato, Celso Jatene, Prefeitura de São Paulo, Prefeitura Regional Aricanduva, Secretaria de Esportes e Lazer: #Skate Plaza Analia Franco». Junte-se agora a Fábio e mais 1.678 apoiadores.