Leis mais severas para crimes de trânsito

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!


Meu filho Gabriel Lacerda morreu aos 18 anos em um crime de trânsito, dia 30 de dezembro de 2016. Outro jovem que é piloto de corridas, sabia muito bem o que estava fazendo, em sua BMW, fazendo manobras em uma via de bairro em Alphaville, (aquele não era o lugar para manobras radicais), em alta velocidade bateu na traseira do carro, que capatou e meu filho veio a falecer.

Deve ser considerado crime quem por imprudência, imperícia ou negligência causa morte no trânsito. Não deve ser considerado lesão corporal culposa (quando não intenção de matar).

Todo ano, 1,35 milhão de pessoas morrem em acidentes de trânsito.
O número de mortes em acidentes de trânsito por ano corresponde à população de Copenhague, na Dinamarca (dados do jornaldocarro.estadao.com.br)

Se o limite da via é 40 k/h e você dirige a 180 k/h está assumindo o risco de causar acidente. Deve-se responder pelo dano que causar. 

Dirigir em alta velocidade, não respeitando os limites da via, causar acidente com vítima fatal, deve ser crime, e ter uma pena de reclusão bem alta para inibir que novas a prática desse crime e novas vítimas.

Precisamos de um Projeto de Lei do Executivo para mudanças significativas no Código de Trânsito Brasileiro!!! Morte no Trânsito é crime!!!