Abaixo-assinado encerrado

DIGA NÃO A IMPORTAÇÃO DE CAFÉ!

Este abaixo-assinado conseguiu 3.941 apoiadores!


Vitória, ES, em 17 de fevereiro de 2017.

Excelentíssimos Senhores Conselheiros da Câmara de Comércio Exterior – CAMEX,

Considerando a decisão proferida pelo Comitê Executivo de Gestão – GECEX no último dia 15 de fevereiro de 2017, pela autorização da importação de café, nós, agricultores familiares, proprietários de agroindústrias de base familiar, cafeicultores e profissionais que, direta ou indiretamente, estão inseridos no âmbito econômico da produção e comercialização de CAFÉ BRASILEIRO, subscritores deste documento, manifestamos a nossa repulsa e indignação contra tal medida.

Enfatizamos que o mercado brasileiro possui oferta suficiente para atender às necessidades da indústria, especialmente porque os estoques nacionais estão fartos e, além disso, as indústrias já adquiriram quantidade de café suficiente para, no mínimo, até a metade de 2017 (isso sem contar que a próxima colheita será iniciada em breve, registre-se).

Portanto, com todo o respeito ao GECEX, a decisão pela importação de café é absolutamente inoportuna e danosa aos produtores de CAFÉ BRASILEIRO, com consequências devastadoras para o mercado nacional. Isso porque, além dos altos riscos genéticos e fitossanitários, a importação constitui uma medida pontual e temporária, mas está contida em um quadro amplo de derrubada de preços (concorrência desleal), isto é, de desvalorização do valor médio da saca de CAFÉ BRASILEIRO. Se materializado, esse quadro provocará a total inviabilização das atividades cafeeiras e resultará, sem dúvida, no aumento progressivo do êxodo rural (como é de conhecimento público, o êxodo rural já é crescente devido à crise hídrica).

Isto posto, em razão das irreversíveis consequências econômicas e sociais que virão com a manutenção da autorização da importação de café, nós, signatários deste documento, requeremos aos Excelentíssimos Senhores Conselheiros da CAMEX que, inicialmente e com URGÊNCIA, excluam este tema da pauta da próxima reunião, agendada para o dia 22 de fevereiro de 2017, com o objetivo de que o debate seja ampliado e, fundamentalmente, seja concedida aos produtores de CAFÉ BRASILEIRO a oportunidade de comprovar de modo auditado e inequívoco que há estoques suficientes para atender a indústria.

SOMOS CONTRA A IMPORTAÇÃO DO CAFÉ!



Hoje: Agricultura Forte está contando com você!

Agricultura Forte precisa do seu apoio na petição «Câmara de Comércio Exterior - CAMEX : NÃO A IMPORTAÇÃO DO CAFÉ!». Junte-se agora a Agricultura Forte e mais 3.940 apoiadores.