Vitória confirmada

Contra o fechamento das Farmácias nas UBS e AMAS

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 72.829 apoiadores!


O prefeito de São Paulo, João Doria, e o secretário da saúde, Dr. Wilson Pollara, fizeram um pronunciamento sobre um programa de distribuição de medicamentos na rede privada como forma de capilarizar o acesso de remédios à população.

O prefeito e o secretário estudam acabar com o fornecimento de remédios nas farmácias das UBS e das AMAS (postos de saúde) da cidade. São Paulo conta com cerca de 900 postos de saúde espalhados por quase todos o bairros, e milhares de pessoas recebem atendimento médico toda semana.

Assine e divulgue este abaixo-assinado para pedir ao prefeito Doria: Não feche as farmácias nas UBS e nas AMAS! A população que precisa dos remédios vai sofrer com isso!

A proposta afeta diretamente os empregos dos profissionais que atualmente compõe as equipes nas UBS e AMAS: Técnicos em Farmácia e Farmacêuticos.

A presença desses profissionais é de suma importância para a população que depende das UBS e das AMAS, pois eles trabalham com equipes multiprofissionais desenvolvendo ações em saúde que visem a melhora na qualidade de vida de todos os usuários.

Clique aqui para assistir ao vídeo do pronunciamento do secretário e do prefeito.

http://www.redebrasilatual.com.br/saude/2017/01/populacao-mais-pobre-sera-prejudicada-com-o-fechamento-das-farmacias-dos-postos-de-saude

 



Hoje: Técnicos em está contando com você!

Técnicos em Farmácia de São Paulo precisa do seu apoio na petição «Assine contra o corte na distribuição de remédios nos postos de saúde de São Paulo!». Junte-se agora a Técnicos em e mais 72.828 apoiadores.