Pelo fim da criação de galinhas em área urbana de Belo Horizonte

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


A criação de galináceos na área urbana de Belo Horizonte é permitida, baseada numa lei antiga que visa o controle de escorpiões , medida que é totalmente descabida, pois por um lado controla escorpiões mas por outro contribui para a proliferação de ratos, pombos e outras pragas que ameçam a saúde tanto quanto .

Algumas cidades que compõe a Grande BH tem como lei a proibição da criação de galináceos em área urbana, pois tais animais, além dos problemas descritos acima, causam grande incomodo com seu canto barulhento que começa desde a madrugada e se estende pelo resto do dia. Eu e meus vizinhos somos vítimas de um individuo  que abusa dessa permissão e tem uma criação descontrolada de galinhas da raça garnizé, conhecidas pelo canto irritante que nos acordam todas as madrugadas com sua algazarra , mesmo morando num bairro que é praticamente centro da cidade. O mais irritante é que o dono não as cria para consumo. Cria apenas por criar e o número chega as centenas.

Não adianta reclamar na prefeitura, pois não enviam fiscais, mesmo relatando a incidência de pragas oriundas da criação dessas aves.

Queremos sossego para dormir em paz e um ambiente sem ratos e pombos!

A Prefeitura de Belo Horizonte deve se atualizar. Existem outras maneiras mais inteligentes de se controlar escorpiões do que tirar a paz dos munícipes.

Lugar de galinha é na roça!

 

 

 

 



Hoje: N está contando com você!

N A precisa do seu apoio na petição «Assembleia Legistiva : Pelo fim da criação de galinhas em área urbana de Belo Horizonte». Junte-se agora a N e mais 9 apoiadores.