Proibição de Fogos de Artifício COM barulho em Minas Gerais

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Precisamos do apoio da população para que o projeto de lei contra a comercialização e utilização de fogos de artifício com barulho (rojões, morteiros, bombas, etc) seja aprovado em Minas Gerais. Neste fim de ano várias cidades brasileiras adotaram o uso de fogos silenciosos. Em São Paulo, cidades como Ubatuba, Campos do Jordão e Sorocaba tiveram comemorações belíssimas e em silêncio.

Em Minas, as prefeituras de Três Pontas e Alfenas cancelaram a queima de fogos durante as festas de fim de ano, e Poços de Caldas optou pela utilização de fogos silenciosos. A lei visa o bem-estar de animais, idosos, enfermos, bebês e crianças que sofrem de microcefalia e autismo. Importante lembrar que os estouros e estampidos são responsáveis por uma forte poluição sonora (podendo chegar a 120 decibéis – limiar da dor). Também causam inúmeros acidentes, assustam e geram pânico.

Há relatos de mães de autistas que dizem que os filhos chegam a situações de extrema irritabilidade, que batem com a própria cabeça nas paredes. Nos animais desencadeiam problemas como desnorteamento, surdez, ataque cardíaco, atropelamento em cachorros e gatos - em razão de fuga. Ou seja, sérias consequências. É importante que a indústria se reinvente. Até porque, até pouco tempo atrás, era absolutamente “normal” assistirmos aos animais adestrados em circos e espetáculos.

Se você é a favor, ajudaria muito assinando e compartilhando a nossa petição. Para aprovar o projeto, precisamos de apoio popular! Não apenas os nossos animais serão beneficiados, mas também os bebês, as crianças, os idosos, os enfermos, os autistas etc.



Hoje: Fred está contando com você!

Fred Costa precisa do seu apoio na petição «Assembleia Legislativa de Minas Gerais: Proibição de fogos de artifício COM ruídos em Minas Gerais». Junte-se agora a Fred e mais 2.166 apoiadores.