Apoie as mulheres iranianas a poderem entrar nos estádios! #NoBan4Women

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 150.000!


Eu cresci amando futebol. Sempre que possível, eu assistia os jogos na televisão com minha família e amigos, torcendo por nosso time e jogadores favoritos. Mas por ser uma mulher no Irã, eu nunca pude assistir nenhum jogo sequer nos estádios do meu país.

O maior estádio do Irã é chamado de Azadi - que significa "liberdade" - e comporta 100 mil pessoas. No entanto, nenhum desses lugares é designado para mulheres iranianas que querem curtir o esporte.

Por favor, assine minha petição pedindo que a FIFA use seu poder para dar um fim ao banimento de mulheres nos estádios do Irã. Me ajude a alcançar 100 mil assinaturas e representar os 100 mil assentos disponíveis no estádio Azadi.

Mulheres são tão fãs de esportes quanto os homens, e nós merecemos torcer por nossos times nos estádios. O fato desse banimento discriminatório existir há 38 anos é aterrorizante e um ataque aos nossos direitos. Mas a boa notícia é que isso não está determinado por lei e, por isso, pode ser facilmente contornado se fizermos pressão suficiente nas pessoas certas.

O Irã é o único país dentre os que estão disputando a Copa do Mundo que bane suas mulheres dos estádios, uma violação direta do estatuto de discriminação de gênero da FIFA e sua nova política de direitos humanos. Mesmo assim, o presidente da FIFA, Gianni Infantino, não mostrou nenhum sinal de fazer algo a este respeito - na verdade, ele foi recentemente fotografado posando ao lado do presidente do Irã, Rouhani, no dia seguinte à prisão de 35 mulheres por tentarem participar de um jogo de futebol.

Assine minha petição exigindo que Infantino use seu poder para que o Irã dê um basta no banimento de mulheres dos estádios. Apoie #NoBan4Women. Obrigada!



Hoje: Maryam está contando com você!

Maryam Qashqaei Shojaei precisa do seu apoio na petição «Apoie as mulheres iranianas a poderem entrar nos estádios! #NoBan4Women». Junte-se agora a Maryam e mais 100.221 apoiadores.