Diga não a hidrelétrica que fará a Cachoeira do Bracuhy, Patrimônio Mundial, desaparecer!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 25.000!


Amigas e amigos, ainda há tempo de evitar a extinção da cachoeira do Bracuí, em meio a um paraíso de Mata Atlântica na Serra da Bocaina - Patrimônio Mundial da Humanidade, título concedido pela UNESCO, em 2019. Segundo estudos, o Quilombo Santa Rita do Bracuí sofrerá com os impactos do empreendimento. Há dúvidas sobre o atingimento da Terra Indígena Guarani do Bracuhy. O certo é que a UHE representaria um impacto socioambiental inimaginável.

Estão em curso os trâmites que podem autorizar que um antigo projeto saia do papel. Trata-se da construção de uma hidrelétrica da empresa EBDE Energia S/A  (Projetos UHE Paca Grande I ou II), localizada no rio Paca Grande, no município de Bananal/SP e rio Bracuí, no município de Angra dos Reis/RJ, ambos integrantes da Bacia Hidrográfica do Atlântico Leste.

O rio Paca Grande está inserido na bacia hidrográfica do rio Bracuí, que se situa na Zona de Amortecimento do Parque Nacional da Serra da Bocaina – PNSB (uma parte menor localizada no interior do Parque Nacional), e a terra Indígena Guarani de Bracuhy.

A cachoeira do Bracuhy é um patrimônio de todos. Não podemos admitir que seja extinta numa obra de grandes impactos negativos, possivelmente, para atender a interesses econômicos.

Além do enorme impacto socioambiental para as pessoas das comunidades tradicionais locais, traria grandes prejuízos para os usos múltiplos dos recursos hídricos em questão e para o turismo na região. A BOCAINA É PATRIMÔNIO MUNDIAL! A CACHOEIRA DO BRACUÍ É NOSSA!

(Paulo Stocco, geógrafo, analista ambiental e professor)

#serradabocaina  #cachoeiradobracuhy  #bananal  #angradosreis #riopacagrande #riobracuí #quilombosantaritadobracuí  #terraindígenaguaranidobracuhy  #patrimôniomundial  #unesco