Pela LIBERDADE DE IMPRENSA - Permanência de Glenn Greenwald no BRASIL

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 75.000!


O Brasil é uma democracia, nossa Constituição garante a liberdade de expressão e o sigilo de fonte. O jornalista Glenn Greenwald mora no Brasil desde 2005, é casado há 14 anos com um brasileiro, o deputado federal David Miranda,  e são pais de duas crianças brasileiras, adotadas em abrigo. Criaram uma ONG para ajudar pessoas em situação de rua e animais abandonados. Ele adotou o Brasil como pátria e o adotamos também. Chega de opressão. Seu pedido de deportação é originado simplesmente porque está revelando os bastidores da operação Lava Jato que em nome do combate à corrupção negativou a economia e balançou a estrutura democrática brasileira como jamais visto. O problema não é Glenn, o problema está com aqueles que não querem que o mesmo cumpra seu papel de jornalista, que é informar a sociedade doa a quem doer. 

"Um dos três fundadores do The Intercept, Greenwald já atuou no The Guardian e colaborou com a reportagem do veículo que venceu o Prêmio Pullitzer em 2014, sobre os escândalos da Agência de Segurança Nacional – EUA vazados por Snowden. Essa foi a primeira vitória do tradicional Guardian no prêmio que considerado um dos mais importantes do mundo e projetou Greenwald no cenário internacional. Pela mesma reportagem, Greenwald foi o primeiro estrangeiro a vencer o Prêmio Esso de Excelência em Reportagens Investigativas no Brasil." (Revista Fórum, 2019)