Diga não a suposta intenção de matança de ursos polares na Rússia

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Dezenas de ursos polares invadiram o arquipélago russo de Nova Zembla, no oceano Ártico, levando as autoridades a declararem estado de emergência.

Fugidos do degelo e em busca de comida, os ursos invadiram as ilhas russas onde residem alguns milhares de habitantes. Foram registados casos de ataques a pessoas e invasão de edifícios públicos e residenciais, segundo as autoridades de Nova Zembla, citadas pela estação BBC. Os ursos polares são uma espécie ameaçada, pelo que, de acordo com a legislação russa,​ a caça e abate destes animais é proibida.

O nível de ameaça na região provavelmente será aumentado quando os ursos começaram a perder o medo das pessoas o que de fato já está ocorrendo e por este motivo uma das consequências podera ser o abate destes animais como já cogitado e publicado em jornais locais.

Tal atitude é iimperdoável pois existe outras formas de conter os animais que não o abate, afinal somos os racionais nesta história e as consequências desta invasão são resultados de nossas ações racionais, não é mesmo!

Não podemos é obvio colocar em risco as pessoas,  da mesma forma, não podemos colocar em risco a vida destes animais. Por isto, foi criado este abaixo assinado, para que as autoridades russas com sua intensa e  pragmática força intelectual, encontre formas de afastar os animais sem condena los a morte, respaldando a boa harmonia entre seres humanos e demais seres vivos e condenando de forma rigorosa qualquer tentativa futura de caça aos ursos  como forma de  única solução o que ja está sendo discursado por autoridades locais.

Respeitamos o povo russo e sua autonomia, somente acreditamos que o Governo Russo tem capacidade de uma solução mais harmoniosa que condenar estes animais ao abate por incompetência humana de gerir o mundo com sustentabilidade.