Pela paralisação da JBS em São Miguel do Guaporé durante pandemia da Covid-19

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 7.500!


Meu nome é Railane, moro no interior de Rondônia e decidi criar este abaixo-assinado para proteger a minha família e a população da minha cidade. 

No momento, mais de 1.000 funcionários estão trabalhando na JBS durante a pandemia aqui em São Miguel do Guaporé. Muitos colaboradores já estão testando positivo para a Covid-19 – só nesta semana, cerca de 40 estavam com suspeita de contaminação e foram fazer o teste. Por isso, venho pedir que as atividades sejam suspensas! Precisamos que medidas sejam tomadas para evitar este surto de Covid-19 entre os trabalhadores da JBS e, consequentemente, na cidade.

O meu esposo trabalha na empresa e, todos os dias, é uma aflição, pois quando ele sai de casa de manhã, não sabemos se retornará infectado, podendo ficar doente ou transmitir o coronavírus para a nossa família. Essa é a realidade de todos esses empregados que estão trabalhando. Muitos sem saber que já estão contaminados e transmitindo entre eles dentro do frigorífico, que é um lugar onde os funcionários ficam apertados, com temperaturas baixas – o que favorece a contaminação.

São Miguel do Guaporé tem cerca de 20 mil habitantes. Por ser uma cidade pequena, não existem muitas oportunidades de emprego por aqui. Por isso, todos estão indo trabalhar, mesmo sabendo que correm o risco de se infectar. Já que esta é praticamente a única empresa que oferece emprego na região. Precisamos trabalhar e ter o sustento, mas para isso, precisamos estar com saúde. Peço providência urgente aos órgãos competentes!