Abaixo-assinado encerrado

Pela preservação da falsa-seringueira centenária e outras árvores

Este abaixo-assinado conseguiu 91 apoiadores!


Uma medida liminar (de caráter temporário) foi concedida para preservação de quatro árvores em Cornélio Procópio - Paraná. Quando a medida foi concedida, outras oito árvores já haviam sido derrubadas.

O terreno onde estão as árvores está sendo "desocupado" para construção de um edifício residencial de alto padrão, o que beneficiaria um pequeno número de pessoas e prejudicaria imensamente a população local, o meio ambiente e o patrimônio histórico da cidade.

Uma das árvores é uma falsa-seringueira centenária, que produz sombra para cerca de 15 carros estacionados dos dois lados da rua e que constitui verdadeiro santuário para incontáveis espécies de pássaros que nela fazem seus ninhos e se abrigam, além de remontar a um tempo anterior à própria fundação da cidade.

Quando o Oficial de Justiça chegou ao terreno com o mandado de interrupção das derrubadas, parte dos galhos da falsa-seringueira já haviam sido cortados.

Trata-se da maior árvore de toda a rua, já que praticamente todas as demais já foram exterminadas, transformando em uma verdadeira tortura o trânsito dos pedestres no sol e calor da rua, bem como dos motoristas que ali precisam estacionar seus carros. Os moradores ao redor da área se manifestam contrários ao corte das árvores, especialmente da falsa-seringueira, pela sombra que fornece e por constituir patrimônio histórico e ambiental do município.

Os interesses de alguns poucos particulares não podem se sobrepor ao interesse público! É injusto e ilegal!

A derrubada destas árvores seria extremamente lesiva ao patrimônio público, ao meio ambiente e ao bem estar da população local. A população local não pode ser prejudicada e privada da sombra e do conforto térmico fornecido por estas espécies vegetais, privilegiando injustamente uma empresa particular, com interesses alheios aos dos moradores dos arredores do terreno.

A construção do residencial deve se adequar ao que o ambiente oferecia e não descartar a existência das árvores mais antigas da cidade. Um projeto de grande impacto ambiental, executado por uma empresa que conta com alta tecnologia, não pode simplesmente destruir nosso patrimônio ambiental e histórico em benefício próprio.

No ano de 2013, foram derrubadas outras 14 árvores cinquentenárias da praça da igreja matriz, incluindo vários ipês nativos. A população local protestou veementemente, mas o projeto inicial foi mantido e as árvores foram derrubadas à noite, madrugada adentro, de forma que ninguém visse aquele espetáculo brutal de destruição.

Temos o dever de proteger as árvores restantes!

Estão condenando à morte uma árvore que ali nasceu décadas atrás e se desenvolveu. Em momento algum a construtora Favoreto ou o Município se preocuparam em preservá-la.

É preciso repensar as construções para construir um amanhã mais seguro de todo nosso ambiente.

É preciso agir de forma menos agressiva e repensar nas construções que mais destroem, implantando falsas imagens de melhoras ambientais.

As construções não podem mais ter o comportamento insano de derrubar todo o verde. 

Nossa natureza pede socorro! Nossas cidades já pedem socorro pela falta de água e de chuvas.

Não pretendemos frear o progresso, mas precisamos frear a destruição insana! Precisamos aprender a progredir desenvolvendo o respeito por todas as coisas. 

É urgente a mudança de comportamento e pensamento! É urgente a mudança de nossas práticas!

Exigimos a concessão de Decreto de Imunidade de Corte para manter permanentemente a vida dessas árvores e preservar o que resta do nosso meio ambiente e patrimônio histórico.



Hoje: Anne está contando com você!

Anne Gôngora precisa do seu apoio na petição «Município de Cornélio Procópio - Paraná, IAP - Instituto Ambiental do Paraná: Pela preservação da falsa-seringueira centenária e outras árvores». Junte-se agora a Anne e mais 90 apoiadores.