ANULAÇÃO DO EXAME DE SUFICIÊNCIA 2020​.​02

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Vim por meio deste em nome de todos os 100 mil profissionais prejudicados nos dois exames de Suficiência do ano de 2020 pelo Conselho federal de Contabilidade juntamente com o CONSULPLAN. O  exame foi suspenso no momento exato da execução da prova, porque eles não se prepararam, e o servidor deles não suportou tantos acessos ao mesmo tempo. A CONSULPLAN alegou ter sofrido um "ataque cibernético", mas se fosse um ataque, absolutamente ninguem teria conseguido acessar o exame, e algumas pessoas conseguiram ter acesso a esse exame e essas questões vazaram na internet, antes disso, o site funcionava normalmente e após a CONSULPLAN anunciar a suspensão do exame e todos os inscritos pararem de acessar, o site voltou ao seu funcionamento normal.

A CONSULPLAN alegou um ataque da categoria D.O.S. no momento do início do exame que estava previsto para às 09h30 min do dia 08/11/2020, quase 90 mil profissionais foram lesados por causa disso, com o primeiro exame do ano soma-se um pouco mais de 100 mil profissionais, sendo que no primeiro exame muitos tiveram problemas com a plataforma da CONSULPLAN.

 Se colocarmos 50,00 reais (Valor da taxa de inscrição na pandemia, porque geralmente é 110,00) x 100.000 mil inscritos (nos dois exames do ano de 2020) = São R$ 5.000.000,00 (milhões), o CFC poderia investir na classe contábil que atualmente está desvalorizada, ao em vez disso, o CFC investe em exame que não serve para atestar a capacidade do profissional do Contador em exercer sua profissão, é só um meio de arrecadar verba. Virou comércio.

Segundo a Resolução CFC, capitulo II, ART 3º Diz que: O Exame será aplicado 2 (duas) vezes ao ano, em todo o território nacional, sendo uma edição a cada semestre, em data e hora a serem fixadas em edital, por deliberação do Plenário do Conselho Federal de Contabilidade, com antecedência mínima de 60 (sessenta) dias da data da sua realização. Mas a CONSULPLAN não respeitou o prazo mínimo de 60 dias de antecedência, o edital foi publicado no dia 21/09/2020 e a realização da prova estava marcada para o dia 8/11/2020, sendo então, o prazo de 49 dias do edital publicado até a realização do exame. Queremos a anulação desse exame e o nosso direito de ter o registro para trabalharmos, pois estudamos 4 anos, fomos avaliados durante toda a graduação, nos formamos em instituições reconhecidas pelo MEC assim como todos os profissionais que não precisam realizar exames para atestar a capacidade deles de serem profissionais.

Em nome dos bacharéis do nosso Brasil peço encarecidamente que nos ajudem nesse sentido com essa petição, atualmente são em torno de 100 mil bachareis NECESSITANDO do seu registro permante para poder trabalhar, o desemprego no pais está crítico e não precisamos que o CFC prejudique mais ainda. QUEREMOS A ANULAÇÃO DO EXAME 2020.02 E O REGISTRO DE TODOS OS BACHAREIS QUE SE DEDICARAM PARA ESSE EXAME, TIVERAM GASTOS, PSICOLOGICO ABALADO, ABRIU MÃO DE VARIAS COISAS PARA SE DEDICAR AO EXAME, E NO FINAL, PASSAMOS A HUMILHAÇAO DE NÃO PODERMOS FAZER O EXAME PARA TERMOS O NOSSO DIREITO DO REGISTRO PROFISSIONAL E PODER TRABALHAR.