Expliquem as falhas do auxílio emergencial. Milhões ainda esperam respostas.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Viemos exigir que expliquem as falhas do auxílio emergencial. Milhões ainda esperam por respostas e passam dificuldades até para comer.

Ninguém explica o que acontece com o grupo que fez o cadastro dia 07/04, tiveram que refazer entre os dias 22/04 e 24/04 e, depois, no dia 15/05 e até agora estão "em análise".

Incluindo:

os que tiveram seus auxílios negados ou cancelados injustamente sem direito a contestação;

pessoas que estão recebendo sem precisar ou que foram aprovadas sem atender aos critérios previstos na lei;

dentre outras várias falhas técnicas e de gestão do programa.

Que tipo de análise é essa que a Dataprev faz? O quê está acontecendo?

Isso foi planejado para forçar as pessoas a quebrar o isolamento social?

É uma completa humilhação e desprezo pela vida e bem-estar da população mais vulnerável. Beira o genocídio e a eugenia. Este auxílio, que deveria ser emergencial, foi planejado para nos trazer segurança durante a pandemia de Covid-19. Mas ao contrário, trouxe desespero e nos expôs a insalubridade, fome, e por fim ao coronavírus em si.

Sem falar na total irresponsabilidade com os cofres públicos.

 

Queremos respostas concretas e ações efetivas.

Chega de enrolação e propagandas falsas nas redes sociais. Sejam honestos e transparentes! 

É uma questão de justiça social. O Auxílio Emergencial é direito e não caridade. Cabe ao governo federal cumprir o que está previsto na lei!

Seremos uma "minoria barulhenta", sim, até garantirmos os direitos de todos aos quais a Lei 13982/2020 deve atender.