Prisões Agrícolas e Prisões Subterrâneas

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


PRISÕES AGRÍCOLAS PARA PRESOS DE BAIXA/MÉDIA PERICULOSIDADE E PRISÕES SUBTERRÂNEAS PARA OS DE ALTA PERICULOSIDADE E CRIMES HEDIONDOS.

Existe em nosso Pais grandes extensões de terra ( grande parte pertence ao INCRA  ou á  Igreja Católica ) que não estão sendo usadas para nada. Essas terras poderiam ser usadas para serem prisões agrícolas. O preso produziria o seu próprio sustento e  o de sua família e ainda aprenderia uma profissão  ( Técnicos e Engenheiros agrícolas, por exemplo ). Contribuiria, também para a produção de alimentos no Brasil. Assim sendo, não seriam onerados os bolsos daqueles que trabalham, pagam um monte de impostos e ainda tem de ajudar a pagar a estadia e “ajuda de custo” à família do preso, o que é um absurdo!

Esta extensão de terra seria fortemente cercada, e uma Força Nacional, tendo o Exército como seu principal patrocinador, faria a segurança destas prisões agrícolas. Assim os soldados teriam o que fazer, e do lucro destas prisões poderia sair uma parte de seus salários.

Nas prisões subterrâneas, se faria com que os presos também se tornassem produtivos. Trabalhariam produzindo outros tipos de produtos e seria mais difícil fugir ou comandar o crime lá  do fundo da terra ( pelo menos 30 metros abaixo do nível do mar). Lá, haveria segurança máxima, e de acordo com o caso, prisão perpétua.  

Se você concorda, assine: SIM!



Hoje: Lazaro está contando com você!

Lazaro Santos precisa do seu apoio na petição «Congresso Nacional: Prisões Agrícolas e Prisões Subterrâneas». Junte-se agora a Lazaro e mais 3 apoiadores.