Continuidade do Auxílio Emergencial

Continuidade do Auxílio Emergencial

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!
Com 200 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Jane Matilde Marchi Franceschini criou este abaixo-assinado para pressionar Ao Povo Brasileiro

Em Outubro, enviei aos governantes uma carta sobre como podemos driblar os efeitos da pandemia na população mais carente. Se você considera essa ideia possível de ser realizada, por favor assine. Se você considera impossível, reflita apenas o que a impede de acontecer.
"Senhores,
sou uma professora aposentada do Estado de São Paulo e gostaria de compartilhar uma pequena experiência e contribuir com  uma sugestão quanto à continuidade do Auxílio Emergencial por mais um tempo.
Semana passada, passei aos amigos e parentes, por WhatsApp, a seguinte mensagem.
"Tenho acompanhado a preocupação do país quanto à continuidade do auxílio emergencial aos 20 milhões de brasileiros em extrema pobreza. Por saber que meu povo é solidário, acredito que tenho uma solução. Se somos 220 milhões de pessoas, restam 200 milhões que estão se garantindo nessa pandemia. Dentre os 200 milhões, tenho certeza que existem 20 milhões que podem garantir o auxílio emergencial de R$300,00, por mais tempo. Quanto tempo? Não sei. Três meses? Seis?
Como seria? A Caixa Econômica tem a relação das pessoas necessitadas. Vou até uma agência, voluntariamente, e peço uma conta para eu depositar os R $300,00, por um tempo escolhido por mim. Assim, nos meses de Outubro, Novembro e Dezembro a Caixa e os contribuintes se preparam para que no mês de Janeiro o auxílio continue.
Os detalhes? A segurança? A Caixa sabe melhor do que eu.
Se você acha essa ideia possível, compartilhe.
Jane Matilde Marchi Franceschini.
 04/10/2020."
As respostas chegaram; nenhuma mensagem dizia que essa ideia era impossível. A maioria das pessoas ficou calada. E o restante achava a ideia possível, mas... as pessoas argumentaram:
1- " Ah Jane, se não fossem os privilégios que tanto o povo condena e acha injusto, teria dinheiro sim para o Auxílio Emergencial."
2- "Sabe Jane, se não houvesse tanta corrupção nesse Brasil, haveria sim, dinheiro para o Auxílio."
3- "Você diz isso pois não sabe o que esse povo faz com o Auxílio. Quando o recebem, fazem churrasco e compram cerveja."
Devo dizer que concordo com meus amigos e parentes. Apresentaram três justificativas para não se fazer nada. Mas continuo pensando nas pessoas que realmente precisam. Aquelas que o Auxílio garante a compra de alimentos e remédios, pelo menos até o país se equilibrar.
Insisto na ideia que o povo pode ajudar o povo. É só dar uma razão a ele, ao povo.
Primeiro, que haja uma análise profunda para saber quem realmente precisa do Auxílio Emergencial. Acredito ser possível, pois todo mundo tem os dados de todo mundo.
Segundo, os privilégios são garantidos por leis, então teremos que mudar as leis. Enquanto o povo ajuda o povo, o Congresso muda as leis. Logo, vai sobrar mais dinheiro.
Terceiro, o combate à Corrupção necessita de leis mais severas, por exemplo a Prisão Após a Segunda Instância, e outras mais que não encorajem nossos péssimos brasileiros a roubar.
E assim, enquanto os mais favorecidos ajudam os menos favorecidos, o governo torna sua casa mais justa e limpa.
Atenciosamente,
Jane Matilde Marchi Franceschini.
11/10/2020.

 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200!
Com 200 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!