Exija a CPI do CAMPREV, por transparência na prefeitura Jonas Donizette.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


Por que queremos uma CPI do Camprev? 

Queremos transparência a apuração das contas do Camprev. A vereadora Mariana Conti (PSOL) apresentou no último dia 16 um requerimento para instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito que visa apurar a gestão do Camprev – Instituto de Previdência de Campinas, a CPI do Camprev.

A CPI tem por objetivo apurar denuncias de irregularidades na gestão do Camprev que vão desde a falta de transparência da gestão até problemas em honrar o pagamento das aposentadorias e pensões dos servidores públicos municipais.

Dentre as denúncias que embasam o pedido de CPI, estão: o uso ilegal do Fundo para pagamento de funcionários da ativa; o deficit do fundo financeiro, consequência de descumprimentos de regras legais e fiscais pela Prefeitura; o uso do fundo do Camprev para investimentos de alto risco em fundos investigados pela operação Lava-Jato; a falta de divulgação de dados e transparência, que, como determinado por lei, deveriam estar disponíveis no site do fundo.

Numa série de calotes, destacamos o realizado em 2016! 
Em 2016, Jonas Donizette e sua base na câmara de vereadores aprovaram lei que autorizava o Camprev a desviar o superávit do fundo previdenciário para outros fins. Depois de muita luta dos servidores e de uma disputa judicial, o STF proibiu essa movimentação e o TJ-SP obrigou a prefeitura a devolver o dinheiro que havia sido tirado do fundo previdenciário, cerca de R$ 166 milhões.

Jonas prepara novo calote e aposentadoria dos servidores corre risco
O PLC 16/2018, apresentado pelo prefeito Jonas, tenta legalizar a mesma operação que a justiça barrou, cria novas armadilhas que coloca em risco o Camprev e os direitos previdenciários dos servidores. O projeto altera o funcionamento do atual Camprev e cria um sistema de previdência complementar, o Campinas PrevCom. A prefeitura utiliza como argumento de sua reforma da previdência um suposto "gigantesco passivo financeiro e atuarial do regime previdenciário municipal" e aponta como exemplo a ser seguido a reforma da previdência do Governo Federal que criou o FUNPRESP estabelecendo teto aos seus servidores em ataque ao Regime Próprio de Previdência dos Servidores.  

Saiba mais: http://marianacontipsol.com.br/blog/tag/camprev/



Hoje: Mariana está contando com você!

Mariana Conti precisa do seu apoio na petição «ailtondafarmacia@campinas.sp.leg.br: Exija a CPI do CAMPREV, por transparência na prefeitura Jonas Donizette.». Junte-se agora a Mariana e mais 870 apoiadores.