"Unidos em Prol da Reconstrução do Teatro Kleber Junqueira, Brutalmente Destruído."

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 500!



Prezados(as) Cidadãos(ãs) de Bem e do Bem, Educadores, Jornalistas, Artístas, Vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte, Deputados da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, e Órgãos de Cultura Municipais e Estaduais


É de conhecimento e domínio público, com ampla repercussão através dos principais veículos de comunicação do estado e inclusive pauta de audiência púbica na ALMG, que o Teatro Kleber Junqueira – Patrimônio Imaterial da cidade de Belo Horizonte – Espaço de Utilidade Pública Municipal – Espaço de Utilidade Pública Estadual & Único teatro da regional Oeste, continua ameaçado de fechamento.  Em 2004 Kleber Junqueira  o multiprofissional e artista cênico que empresta o seu nome ao espaço, absteve-se da estabilidade de ter um lar, e aplicou todos os seus recursos financeiros em prol de um bem coletivo, ao arrendar e construir com recursos próprios um espaço descentralizado da avenida do Contorno, que por inexigibilidade, é o único Teatro da regional Oeste, o Kleber Junqueira.

 

Devolvendo a cidade de BH e ao estado de MG, uma das primeiras construções da década de 1942 designada a se tornar um equipamento cultural, em sua destinação inicial, a arte. Não mais como cinema(o antigo Cine São José), e sim, como o único Teatro da regional Oeste(Kleber Junqueira), que tem dentre as suas especificidades possui um palco italiano de 100m2, e capacidade para receber 484(quatrocentos e oitenta e quatro) espectadores. Há 15 ininterruptos é desenvolvido o maior projeto sociocultural de formação de plateias, fomento de novos artistas, técnicos e difusão universal da cultura, "Teatro Para Todos". São mais de 500.000(quinhentos mil) espectadores de BH + 25 cidades de MG contemplados com ingressos gratuitos para os espetáculos autorais de Kleber Junqueira.

Além da distribuição de bolsas de estudos integrais em artes cênicas, priorizando alunos da rede pública, internos de abrigos, idosos de espaços de longa permanência, pessoas com deficiência, grau de vulnerabilidade e/ou risco social. Ao longo de anos buscamos cotidianamente uma parceria entre a Prefeitura de Belo Horizonte e o Teatro Kleber Junqueira através da Lei Municipal de Incentivo à Cultura(LMIC), Medidas de Cautelamento, Salvaguarda e Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Cívil(MROSC), em prol da manutenção e perenidade deste emblemático equipamento e a sua política de democratização, inclusão e acessibilidade cultural, fomentada através do projeto "Teatro Para Todos".


Infelizmente, não conseguimos sensibilizar o poder público, e a medida que o tempo foi passando aumentarão as dificuldades para manutenção e as dívidas inerentes ao espaço se acumulando. Com a suspensão do fornecimento de energia, o Teatro Kleber Junqueira foi arrombado, saqueado, vandalizado e brutalmente destruído. Portanto, diante da tragédia e barbárie supramencionada, convocamos todas as pessoas de bem e do bem, como vocês, Educadores, Jornalistas, Artistas, Vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte, Deputados da Assembléia Legislativa de Minas Gerais, e Órgãos de cultura municipais e estaduais, para juntos reagirmos a essa selvageria e recuperarmos definitivamente o Teatro Kleber Junqueira para a cidade de Belo Horizonte e o estado de Minas Gerais. Convicto da sua sensibilidade e valoroso apoio em prol da reconstrução, manutenção e perenidade deste emblemático equipamento cultural, de natureza imaterial, que acima de tudo é um bem coletivo, que deve ser preservado e mantido por todos. Subscrevo;
Atenciosamente,
Éder Paulo -
Diretor Administrativo Financeiro &
Gestor Cultural do Teatro Kleber Junqueira