Queremos a alteração do nome da praça Tubal Vilela em Uberlândia!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


O senhor que nomeia a principal praça da cidade de Uberlândia - Minas Gerais, Tubal Vilela, assassinou sua primeira esposa em 1926. Rosalina Buccironi tinha 19 anos, estava grávida e foi morta por Tubal com quatro tiros. O motivo? Suspeita de traição, que jamais fora confirmada. E quem disse que, de qualquer forma, ele detinha o poder de matá-la? Mesmo assim, Tubal foi absolvido em um júri composto por homens, com um juiz homem. Ele continuou sua vida. Mas Rosalina não teve a mesma oportunidade.

A Convenção Interamericana para Prevenir, Punir e Erradicar a Violência contra a Mulher, define violência contra a mulher e estabelece sua dimensão: “entender-se-á por violência contra a mulher qualquer ato ou conduta baseada no gênero, que cause morte, dano ou sofrimento físico, sexual ou psicológico à mulher, tanto na esfera pública como na esfera privada”.

Ter uma praça com o nome de um assassino confesso de uma mulher, que fora absolvido porque se entendeu que tinha o direito de matar por suspeitar de traição, é uma violência simbólica a todas as mulheres. É a eternização da agressão estampada no nome de uma praça. Ter o nome da Sra Rosalina apagado da história, e o dele mantido e louvado na principal praça local, contraria a convenção internacional, ataca a Constituição e fere todas as mulheres da localidade.

Para se dizer NÃO à violência contra a mulher e NÃO ao feminicídio é necessário que se retire URGENTEMENTE o nome Tubal Vilela da praça principal de Uberlândia, que se diga NÃO a essa memória.

NÃO é essa história que a população quer ver retratada no seu dia a dia!

Aquelas e aqueles que concordam com a retirada do nome Tubal Vilela conferido à principal praça da cidade de Uberlândia, por favor, assinem a petição e nos ajudem a vencer esta luta! 



Hoje: Neiva Flávia está contando com você!

Neiva Flávia Oliveira precisa do seu apoio na petição «Queremos a alteração do nome da praça Tubal Vilela em Uberlândia!». Junte-se agora a Neiva Flávia e mais 1.777 apoiadores.