Prisão para o homem que matou a cadela Belinha em Sapucaia do Sul

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 200.000!


Na tarde de segunda-feira (dia 12/10/2020) a cadela Belinha, de um menino de 13 anos, foi morta com um tiro pelo dono de um mercadinho em Sapucaia do Sul, cidade da região metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Segundo a família, Jackson tinha ido ao mercado e sua cadelinha ficou esperando na porta do estabelecimento, como sempre fazia. Então, o proprietário do mercado usou uma espingarda de presão e deu UM TIRO na cadela Belinha na frente de seu dono de 13 anos em pleno Dia das Crianças! A desculpa do homem foi que só estava tentando assustá-la. Um ABSURDO!!!

Belinha era a melhor amiga do garoto há oito anos, Jackson presenciou tudo, pegou a cadelinha já morta e ensanguentada no colo e chorou. O criminoso foi preso sob a lei Sansão, contudo, FOI SOLTO logo depois, conquistando liberdade provisória sob compromisso de comparecer aos atos de processo, manter o endereço atualizado e não se ausentar da comarca.

Esse homem merece ser preso e condenado pelo crime terrível que cometeu! Precisamos lutar pela justiça e pressionar as autoridades de Sapucaia do Sul para que ele pague pelo o que fez!!! Jackson perdeu sua melhor amiga no Dia das Crianças em um ato de extrema COVARDIA. A lei precisa ser cumprida e o culpado precisa ser preso para que não haja mais casos iguais ao de Belinha e Jackson.