Investigação de caso de envenenamento no condomínio onde resido por debaixo de minha porta

Investigação de caso de envenenamento no condomínio onde resido por debaixo de minha porta

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Cibely Rodrigues criou este abaixo-assinado para pressionar Policia civil do Estado de São Paulo; ministério público do Estado de São Paulo; delegado Bruno Lima

Cerca de duas semanas antes do fato eu e meu marido observamos micro pontinhos uma espécie de pó preto similar a semente de chia no vão da porta de nosso apartamento residencial , achando tratar- se de sujeira ou algum tipo de fuligem limpamos,  tal fato ocorreu por duas vezes sendo na última vimos apenas 3 pequenos pontinhos e leigos achamos ser sujeira e esquecemos totalmente desse detalhe.

No dia 23 de janeiro por volta das 04:10 da madrugada nossa cachorra de estimação agonizou , vomitou   urinou e defecou ao mesmo tempo, ficou asfixiada meu marido tentou fazer respiração nela sem sucesso e ela veio a óbito dentro de casa.  Diante de tanto sofrimento e sem entender sua morte repentina enviei o corpo da minha amada filha canina para exame de necropsia o referido exame por demandar análises criteriosas somente ficou pronto no dia 26 de março 2021 e para nosso sofrimento e choque a causa morte identificou envenenamento com chumbinho !!! Foi então que nos recordamos das " sujeiras" encontradas no vão da porta além do fato de não sairnos de dentro de casa nem com ela e nem sem ela pois somos do grupo de risco e ela por ter apenas 1 ano e dez meses chegou a nossa casa pouco antes da pandemia. Sempre fui cuidadosa e zelei pela vida e saúde da minha bulldog inglês , inclusive dois dias antes de seu assassinato ela passou em consulta com uma veterinária requisitada e foi considerada ótima. Seus exames de rotina eram recentes e feitos até mesmo antes dos nossos para terem ideia da dimensão do amor e cuidado que tínhamos por ela e da dimensão do sofrimento e sensação de impunidade que estamos vivendo. Estamos em depressão profunda pois um membro de nossa família foi envenenada por debaixo da porta de nosso apartamento,  achávamos que estávamos mais seguros em um condomínio residencial do que em uma casa ledo engano. Para ainda comprovar nosso relato uma vizinha do andar de baixo também teve chumbinho jogado em sua porta mas felizmente seus gatos não consumiram além de haver mais um caso no bloco A cujo qual a pessoa não quer se identificar. Procuramos a sindica do prédio e nos foi dito que pelo fato de não haver câmeras no Hall escadas não será possível nenhuma ação no sentido de buscar esse maldito e cruel assassino que envenenou minha filha de quatro patas muito planejada e bem cuidada desde sempre. Peço encarecidamente que seja feita investigação detalhada com o intuito de localizar essa pessoa maldita que agiu de forma baixa a ponto de jogar veneno de rato pelo vão da porta de um apartamento sem motivo nenhum pois não temos nenhum desafeto e nada justifica esse ato desumano. Sabemos que a inexistência de câmeras não impede a possibilidade de investigação desse crime por isso imploramos aos destinatários desse abaixo assinado , bem como a vizinhos que também possuem pets que não sejam medidos esforços para a localização e punição desse monstro que matou nossa preciosidade nossa doce bulldog inglês que teve sua vida interrompida pela maldade e crueldade sem motivo apenas pelo simples prazer de fazer mal a um ser indefeso. Não desejo o sofrimento diário que estou passando para ninguém nem mesmo pra esse maldito(a) que envenenou minha cachorra desejo apenas que seja feita justiça e essa pessoa pague pelo que fez.

O condomínio também alega que as imagens ficam disponíveis por apenas 15 dias e só fui notifica-los quase 3 meses após o ocorrido , mas isso ocorreu porque eu não imaginaria algo desse nível em um condomínio residencial,  é algo totalmente atípico envenenar por debaixo da porta de um apartamento isso chega a ser inacreditável exijo justiça,  imploro por uma investigação que leve até o autor dessa crueldade inenarrável. 

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!
Com 1.000 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!