Fornecedores de peças para smartphones forneçam os 90 dias de garantia. 90 dias SIM!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Não é de hoje que todos nós, técnicos em manutenção e consertos de smartphones (aparelhos celulares) temos enfrentado injustiças de todas as formas possíveis. Sendo cometida pelos fornecedores de peças para reposição e/ou consertos de aparelhos celulares e tablets. A grande certeza de impunidade dessas pessoas os levam a cometer os mais diversos e possíveis abusos, em alguns casos, somente nos é passado garantia de teste, em outros apenas 30 dias de garantia em outros casos garantia alguma ou de estoque e ainda garantia somente com selos, selos estes colocados propositalmente em locais onde haverá a obrigação de retira-los para a instalação da peça.
pois vou explica-las a quem não as conhece; 1ª A Garantia de 30 dias, o nome já diz, são apenas 30 dias garantidos pela empresa fornecedora /vendedora do produto. 2ª A Garantia de estoque, garantia essa que limita-se até a data do uso, em outras palavras ao utilizar o produto o fornecedor declara extinta a garantia, ou seja seria uma garantia feita pra durar enquanto o produto não é usado, acredito que os fornecedores pensem que vamos somente expor as peças e nunca usa-las!
3ª A Garantia de teste, quando se é testada a peça e essa por sua vez responde bem, podendo ser detectado o possível problema no produto somente na hora e não posteriormente, eliminando assim a possibilidade do VICIO OCULTO, previsto em lei, após a instalação da peça não será mais possível sua troca pelo simples fato de te-la instalado (algumas peças em sua maioria são coladas como os módulos frontais de Samsung "J" por exemplo, onde já vem de fabrica com essa imposição de instalação não nos dando a possibilidade de outro tipo ou forma de instala-la, os fornecedores alegam que o simples fato de cola-las as eliminam de ter em qualquer hipótese, garantias.
E ainda uma 4ª e não menos pior, A Garantia dos selos, esses selos são geralmente colocados propositalmente em locais que sua remoção seria obrigatória, exemplo: na divisão ou meio da peça onde se encontra plásticos em sua face traseira e frontal, plásticos esses que impedem a colocação se não forem retirados, esses são só alguns exemplos dentre tantos.
Como podem perceber, o vendedor de peças ou fornecedor, parece sempre ter por finalidade o beneficio próprio em cima do prejuízo alheio, essas peças não garantidas geram ao fornecedor de serviços despesas desnecessárias, problemas com seus clientes finais e prejuízos incalculáveis tanto monetariamente quanto moralmente.
Quando realizamos um serviço, seja de troca de telas (seria o mais recorrente na maioria das assistências técnicas), quanto troca de conectores de carga, etc.... somos por lei obrigados a garantir nossos clientes a garantia de 90 dias (sob bens duráveis no caso a troca daquele item no smartphone) e assim o fazemos.
Quando compramos as peças para os mesmos reparos em nossos fornecedores não somos assistidos e contemplados por esta mesma lei, eles fazem o que querem e impõe o que acham justo, pois se prevalecem da nossa dependência em comprar esses produtos para que nosso trabalho seja realizado e concluído.
Todo esse senário de injustiça, leva a milhares de pais e mães de família a abandonarem o ramo de trabalho, por considera-lo além de injusto, desleal e problemático.
Enquanto milhares de pessoas desprovidas de boa fé entram para esse ramo todos os dias, pois está sendo um ramo lucrativo e isento de deveres (tornar-se fornecedor deste mercado).
As contas não batem, se devo garantir noventa dias ao meu cliente, como o farei se independe de mim o bom funcionamento daquela peça em questão, temos anos de estudo, investimentos e mais investimentos em boa ferramentas, para uma simples peça e um mal fornecedor estragar tudo isso que construímos como; Nome no mercado, relação de confiança com nossos clientes, etc...
Só nós que estamos nesse ramo, sabemos o quanto é revoltante, precisar da garantia para uma peça em seu perfeito estado físico e não a obter pelo simples fato do fornecedor não querer arcar com o prejuízo de uma peça que nem ao menos sabemos de onde veio, qual foi sua forma de fabricação, manipulação e trasporte, essa peça pode ter se deteriorado em um desses processos até chegar as nossa mãos, porém nós como somos a parte mais fraca pagamos por isso.
JÁ ESTA NA HORA DE MUDAR!!!!
Somos clientes, Somos consumidores e estamos protegidos sim pelo CDC (Código de Defesa do Consumidor)
#90DiasSim #CTEMCASB