Os cidadãos exigem ações contra a #corrupção e os segredos escondidos pela #Suíça
  • Pressionando Todas as instituições europeias, os governos nacionais e locais

Este abaixo-assinado será entregue para:

Todas as instituições europeias, os governos nacionais e locais

Os cidadãos exigem ações contra a #corrupção e os segredos escondidos pela #Suíça

    1. #TruthCH TransparencyNow! EU
    2. Abaixo-assinado por

      #TruthCH TransparencyNow! EU

      Bruxelles, Belgium

English   Français   Castellano    Italiano    Ελληνικά   Deutsch 

Other languages

Para os cidadãos da União Europeia: por favor assine a petição #TruthCH (#VerdadeCH) exigindo das instituições UE e governos ações contra a #corrupção e os segredos escondidos pela #Suíça

 

                                           #VerdadeCH (#TruthCH)

INICIATIVA DE TRANSPARENCIA EUROPEIA

INTRODUÇÃO

Durante os últimos anos, as noticia na Europa e no restante mundo têm sido inundadas com história atras de história sobre paraísos fiscais offshore, má gestão bancária, lavagem de dinheiro e corrupção de órgãos oficiais.

Infelizmente, estas histórias já nos são familiares. Está na altura de acabar com o fascínio pelos detalhes intermináveis de casos particulares.

Está na altura de fazer algo em relação a este assunto.

O futuro da democracia está em causa!

Nós entendemos que esta rede de paraísos fiscais não só eludem da obrigação de pagar as contribuições que são essenciais ao financiamento dos serviços públicos para o cidadão, como também interferem directamente com a boa governamentação e com o governo representativo.

É virtualmente impossível para os políticos e oficiais públicos trabalhar para o bem comum quanto é tão fácil enriquecer num escritório e esconder as receitas “privadas” offshore.

O PROBLEMA – O CENTRO E A PERIFERIA

Desde a década de 1970 que este tipo de actividade tem proliferado. Existem hoje em dia mais de 75 “jurisdições secretas” que facilitam a corrupção oficial assim como a evasão fiscal, desta Andorra, Ilhas Virgens Britânicas e o Chipre até à Isle of Man, Singapura e Vanuatu.

Apesar disso, no que diz respeito a auxiliar os PEP (“Politically Exposed Persons” Pessoas Politicamente Expostas) como representantes políticos a mover largas quantias de dinheiro ilícito para o estrangeiro, escondendo-o e administrando-o á distancia, a capital mundial do sistema de paraísos global ainda é a Suíça.

Servir os PEP não é uma actividade recente das instituições fiscais suíças. Pelo menos durantes 200 anos, a Suíça e o seu parceiro Liechtenstein têm sido os paraísos fiscais de preferência para os políticos europeus e ditadores que querem esconder a sua riqueza ilícita.

Desde a Segunda Guerra Mundial, e especialmente após 1970, as instituições financeiras suíças conseguiram globalizar estes serviços para o mundo inteiro, servindo os PEP corruptos em todos os continentes.

Infelizmente, o governo federal suíço e os vários cantões parecem estar envolvidos em assistir o crescimento desta indústria semi-criminal e totalmente imoral.

Hoje, este é um negócio multi-trilionário, facilitando transações corruptas entre homens de negócio, políticos e instituições em todo o mundo. Isto tudo sobre a protecção das designadas leis do “secretismo” que basicamente protegem actividades profundamente criminais.

Os incontáveis subornos resultantes e o enriquecimento privado à custa da riqueza pública são literalmente uma praga sobre a Humanidade. Estes tornam as decisões de política publica parciais na direcção dos interesses privados e particulares, permitindo que estes interesses se combinem numa representação excessiva com taxação e regulação mínima, degradando a democracia nacional e estrangeira.

Adicionalmente, pessoas como Hervé Falciani, quem possuem informação sobre centenas de contas suíças de PEP europeias e de outros países, são tratadas como simples criminosos em vez de serem protegidos. A informação que eles poderiam fornecer é ignorada e portanto as actividades criminosas previamente descritas são protegidas.

O QUE PODE SER FEITO?

Se realmente quisermos ter um impacto significativo no problema da corrupção de PEP, devemo-nos focar primeiramente na actividade do líder do grupo, ou seja, na Suíça que merece todo a nossa atenção devido à proporção da sua actividade através de ações concretas e coordenadas dos cidadãos da UE e de todas as instituições da UE e todos os governos nacionais e locais.

Isto leva-nos a propor o seguinte apelo à acção:

                                       #VerdadeCH (#TruthCH)

                     INICIATIVA DE TRANSPARENCIA EUROPEIA

Nós, os cidadãos da União Europeia, estamos profundamente preocupados com esta realidade que contribui para a falta de transparência e probidade na política, e procura de todas as instituições da União Europeia e de cada um dos governos nacionais, assembléias nacionais, parlamentos e congressos, e de toda a os governos regionais e locais da União Europeia:

- Que seja estabelecida uma Comissão Independente para a Verdade e Justiça com a finalidade de investigar como é que a Suíça, os bancos suíços e os gestores de riqueza e outros paraísos fiscais têm contribuído para ocultar a corrupção e a evasão fiscal, assim como para a degradação das finanças públicas, governo, democracia e justice em todos os países europeus.

- Que sejam investigadas todas as contas e investimentos escondidos que pertençam as PEP (“Politically Exposed Persons” Pessoas Politicamente Expostas) europeias em paraísos fiscais, particularmente no território Suíço.

- Que seja iniciada acção criminal em tribunal Europeu contra os políticos e oficiais (e as suas famílias) que tenha fortunas de origem ilícita ou desconhecida em paraísos fiscais, nomeadamente na Suíça.

- Que seja iniciada acção criminal em tribunal Europeu conta cada pessoas, representante oficial ou outro, de qualquer nacionalidade, que tem enriquecido ilegalmente com fundos de auxílio europeus disponibilizados para combater a pobreza e promover o desenvolvimento noutros países.

- Que seja iniciada acção criminal em tribunal Europeu conta todos os banqueiros, gestores de riqueza, conselheiros e qualquer oficial público da Suíça ou outro país que colaborou na promoção da corrupção dos governos europeus, ou que assistiu na ocultação de investimentos ilegais na Suíça ou em qualquer outro paraíso fiscal.

- Criação urgente de um fundo Europeu de recompensa, protecção pessoal e asilo a qualquer pessoa e correspondente família, nacionais de qualquer país, que auxiliem na identificação de riqueza ilícitas e assintam no combate contra a evasão fiscal e crime em qualquer país membro da União Europeia.

- Que todos os funcionários públicos, políticos designados e oficiais eleitos na Europa, incluindo em todas as instituições da União Europeia, seja obrigados por lei a declarar, sobre compromisso de honra, que nem eles nem familiares próximos têm investimentos escondidos ou contas secretas na Suíça, Liechtenstein, Singapura ou qualquer outro local no mundo.

Entendemos que pedidos semelhantes são urgentes em muitos outros países fora da Europa, estamos dispostos a coordenar a realizá-los, por favor envie um email para:

TransparencyNowEU [at] gmail [dot] com

 

INICIATIVA DE TRANSPARENCIA EUROPEIA 

contato TransparencyNowEU [at] gmail [dot] com

Blog  http://wp.me/P3nQ68-3

Facebook  http://goo.gl/ADUKN

 Twitter @TransparencyEU #TruthCH #VerdadeCH

#TransparencyNow #anticorruption

English    Français    Castellano    Italiano

Ελληνικά    Deutsch   Other languages

Assinaturas recentes

    Notícias

    1. Chegou a 100 assinaturas
    2. Caso Hervé Falciani en España (Audiencia del 15 de Abril de 2013)

      #TruthCH TransparencyNow! EU
      Organiza do Abaixo-assinado

      La fiscal, contra la extradición de Falciani: 'No podemos castigar a los que denuncian delitos'
      http://www.elmundo.es/elmundo/2013/04/14/espana/1365973018.html

    3. Chegou a 25 assinaturas

    Apoiadores

    Por que você está assinando?

    • Fillipe Magalhães RIO DE JANEIRO, BRAZIL
      • 5 meses atrás

      Fillipe Magalhães

      DENUNCIE ESTE COMENTÁRIO:
    • Rui Chorão PORTO, PORTUGAL
      • 6 meses atrás

      Urgent!

      DENUNCIE ESTE COMENTÁRIO:
    • LUIZ ANDRE HAYEM COUTINHO RIO DE JANEIRO, BRAZIL
      • 9 meses atrás

      Transparència e uma ferramenta fundamental,para acabar com a impunidade,alicerce de toda corrupção.

      DENUNCIE ESTE COMENTÁRIO:
    • Paulo Pires BOAT HARBOUR, AUSTRALIA
      • 9 meses atrás

      \ o /

      DENUNCIE ESTE COMENTÁRIO:
    • maria cruz sevillano DAVIDSON, NC
      • aproximadamente 1 ano atrás

      Porque es lo que tenemos que hacer todos, sacar a la luz a todos los estafadores que esquilman a sus paises respectivos

      DENUNCIE ESTE COMENTÁRIO:

    Desenvolva suas próprias ferramentas para vencer.

    Use a API da Change.org para desenvolver suas próprias ferramentas. Saiba como começar.