Advogados pela: ORDEM E PROGRESSO

Advogados pela: ORDEM E PROGRESSO

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.000!


ORDEM E PROGRESSO
Nós temos testemunhado nossa Constituição Federal ser desrespeitada em atos por alguns membros da Suprema Corte Brasileira, temos testemunhado os direitos e garantias individuais serem maculados por advogados, procuradores e outros juristas em nome da falsa defesa de interesses coletivos em favor de um grupo político-social privilegiado que há décadas vem ceifando e suprimindo os direitos dos brasileiros, mas chegou a hora de ser restabelecida a ordem.
Precisamos enaltecer e consagrar a ordem democrática, zelar e respeitar as eleições diretas, estendendo-as às instituições públicas ou de caráter público e aos órgãos de classe por seus respectivos membros e interessados;
Precisamos restabelecer a ordem jurídica para que a vontade popular manifestada em eleições diretas seja respeitada como princípio constitucional (artigo 1º, parágrafo único e artigo 14 da Constituição Federal);
Precisamos restabelecer a ordem jurídica para que a liberdade de expressão e a livre manifestação do pensamento sejam respeitadas como cláusulas pétreas que são (artigo 5º, IV e artigo 220, caput, da Constituição Federal);
Precisamos zelar pela ordem jurídica para garantir a autonomia do Poder Judiciário (artigo 99, da Constituição Federal) que entendemos que só será alcançada com o fim das indicações políticas para compor seus cargos;
Por isso nos manifestamos perante a sociedade civil, o Ministério Público, o Poder Legislativo, Executivo e Judiciário brasileiro, para que:
1) seja respeitada a democracia e a vontade popular manifestada em eleições diretas, inclusive aquela que foi expressa nas eleições de 28 de outubro de 2018;
2) seja respeitada a democracia e sejam garantidas eleições diretas para a escolha do Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, que para garantir sua isenção como instituição indispensável à administração da justiça não deverá ter membros filiados a partidos políticos;
3) seja respeitada a livre manifestação do pensamento e a liberdade de expressão do povo brasileiro, sem as restrições que alguns membros do Poder Legislativo e do Judiciário vem trabalhando para impor à sociedade, às redes sociais e à imprensa;
4) seja concedida verdadeira autonomia ao Poder Judiciário com o fim das nomeações políticas para os cargos de Ministros dos Tribunais Superiores e de Desembargadores para os Tribunais Estaduais e os Tribunais Regionais Federais, com eleições diretas para toda a classe, aposentadoria compulsória aos 70 anos e proporcional ao tempo de contribuição;
5) seja pacificada nossa sociedade e todos congreguem forças para a evolução e crescimento da nossa Nação respeitando o lema de nossa bandeira.
ADVOGADOS DEMOCRATAS