Construa o Espaço Cultural de Ceilândia.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!


Sou Célio Madriles Xavier, filho de Brasília, nascido em 1973, morador de Ceilândia desde 1986, cidade querida onde cresci e decidi fixar moradia e família. É aqui, especialmente no Trecho I do Sol Nascente, que reivindico a construção do Espaço Cultural Comunitário de Ceilândia. Interessado no bem-estar dos moradores e visitantes desta comunidade que, embora seja a cidade mais habitada do Distrito Federal, não possui espaços culturais relevantes proporcionais à demanda regional. Com altos índices de criminalidade o Sol Nascente é considerado por muitos a maior favela da América Latina e não possui um espaço cultural digno em seu território. A bem da verdade, Ceilândia detêm capital intelectual e vontade de proporcionar bem-estar social. A violência seria diretamente combatida com a criação de teatro, roda de capoeira, palco, coreto, skate parque, jardim, local para composições, exposições, oficinas, artesanatos, estúdios, camarins, bibliotecas, bicicletário, local de repouso, alimentação e higiene no mesmo complexo. Diminuindo significativamente o número de jovens envolvidos com ilícitos, o Espaço Cultural de Ceilândia incentivará a produção cultural local. Nós, cidadãos brasileiros abaixo assinados reivindicamos a área na entrada do Trecho I do Sol Nascente, ao lado da Fundação Bradesco, próximo a Feira do Produtor, para a contrução do Espaço Cultural de Ceilândia. Os cidadãos contribuintes a ativos econômica, social, artística, intelectual e politicamente avocam o fundamento constitucional da cidadania solicitando de pronto a destinação por completo do terreno a construção do Espaço Cultural Comunitário de Ceilândia. 



Hoje: Célio Madriles está contando com você!

Célio Madriles Xavier precisa do seu apoio na petição «Vilson José de Oliveira: Construa o Espaço Cultural de Ceilândia - Distrito Federal.». Junte-se agora a Célio Madriles e mais 67 apoiadores.