Parar o financiamento coletivo da célula terrorista 300 pelo Brasil

Parar o financiamento coletivo da célula terrorista 300 pelo Brasil

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!
Fernando Whitaker criou este abaixo-assinado para pressionar vakinha.com.br

O grupo de extrema-direita autointitulado 300 pelo Brasil dá fortes indícios de promover a violência, sendo responsável por organizar uma iniciativa de guerrilha e luta armada, com o intuito de "transformar militantes em militares" e objetivo de "exterminar a esquerda". O grupo conta, segundo informações internas, com um quartel general com todas as acomodações necessárias (mais de 200 beliches e refeitório) para o treinamento físico de combate militar.

Alguns organizadores do grupo, como a ativista Sara Winter, estão sendo investigados pela possível organização de milícia. A ativista tem, supostamente, ligações com movimentos neonazistas e declara, via redes sociais, que a iniciativa conta com o apoio do filósofo Olavo de Carvalho, conhecido como guru do governo Bolsonaro.

Entretanto, a plataforma vakinha.com.br facilita uma campanha de financiamento coletivo que visa angariar 50 mil reais com o intuito de ampliar as ações do grupo. O financiamento já ultrapassa metade da meta.

Observando a urgência da situação, os signatários deste documento pedem à plataforma vakinha.com.br que não facilite o financiamento de nenhum tipo de violência, seja ela física, política ou ideológica, cancelando portanto a campanha e devolvendo as quantias doadas aos contribuintes.

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 100!
Com 100 assinaturas, é mais provável que essa petição seja recomendada a outras pessoas!