Redução das mensalidades - URI #ReajustaURI

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 2.500!


Desde o dia 18 de março, a Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI) tem adotado o modelo de aulas à distância como alternativa para a continuidade do semestre durante o distanciamento social. A medida, que é positiva para conter o avanço da pandemia, acentuou também inúmeros prejuízos aos estudantes. Além dos recorrentes problemas de acesso à plataforma e os limites impostos pela metodologia de ensino, o preço cobrado na mensalidade é injusto.

Paralelamente à Organização Mundial da Saúde (OMS) e às autoridades locais, por meio de decretos emergenciais e pedidos à população para adesão ao isolamento social como forma de combate ao crescente número de casos do novo Coronavírus (COVID-19) em decorrência da sua fácil transmissão, salários estão sendo cortados e o número de desemprego tem crescido, impactando diretamente as famílias e a trajetória de diversos estudantes de universidades particulares.

Nesse cenário, por meio desta petição, gostaríamos de solicitar à Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões a redução das mensalidades enquanto durar o plano de contingência da COVID-19. Os valores atualmente cobrados são totalmente inadequados dentro da conjuntura em que nós, estudantes da instituição, nos encontramos.

Diferentes órgãos e entidades do país estão alertando para os preços abusivos das instituições de ensino. Em nota, a Defensoria Pública recomenda o desconto proporcional nas mensalidades relativas ao período de pandemia, considerando que as medidas de quarentena impuseram limitações às instituições de ensino de cumprirem a prestação de serviços conforme contratado e que a inexistência de presença física de alunos e funcionários na escola reduz custos como de material, de limpeza, água, energia elétrica, entre outros. Portanto, o desconto nas mensalidades tem previsão legal e deve ser aplicado, adequando à situação vivida por todos.

Tratar a questão da redução das mensalidades com o discurso de que “vai analisar caso a caso” é negar-se a ver que todos os estudantes vêm sofrendo tanto com a redução do rendimento dos estudos, quanto com a incapacidade de permanecer pagando o valor integral da mensalidade neste momento, onde a economia retrai e muitos estão sofrendo com o fim/suspensão de contratos de trabalho, cessação das atividades remuneradas para informais e profissionais liberais.

O custo das aulas à distância é extremamente menor que o custo da aplicação de aulas presenciais (energia elétrica, água, materiais e suprimentos de higiene, redução de gastos com serviços terceirizados, etc.), e, neste momento de dificuldade financeira de toda a população, é urgente a necessidade de revisão e diminuição do valor das mensalidades. Por todas essas questões, se faz imprescindível que a instituição faça reajuste nos valores cobrados a fim de zelar pela manutenção do ensino e para evitar que os acadêmicos cheguem ao extremo de trancar o curso por falta de recursos financeiros.

Compartilhe essa petição nas redes sociais com a #ReajustaURI