Restabelecimento do programa escolar da turma 2017 fevereiro

Restabelecimento do programa escolar da turma 2017 fevereiro

0 a signé. Prochain objectif : 200 !
Quand elle atteindra 200 signatures, cette pétition aura plus de chance d'être inscrite comme pétition recommandée !
turma FEVEREIRO 2017 a lancé cette pétition adressée à Universidade do CESPU

Os signatários desta petição seguinte suscitam a sua incompreensão da reunião Zoom de terça-feira, 4 de Agosto de 2020 para o novo programa escolar criada pelo CESPU e que nos deixa seis meses sem práticas no lugar da nossa entrada na clínica inicialmente prevista em setembro de 2020 e que é adiada para fevereiro de 2021. 

Esta decisão é contestada pela nossa turma ( é partilhada pela turma de fevereiro de 2018 que será afectada o ano proximo ) , baseando-se em vários argumentos abaixo : 

Durante este período, onde vamos ter apenas TF e forense, vamos passar 6 meses sem fazer práticas (que se somam à ausência de prática devido ao COVID ) e vamos entrar na clínica em Fevereiro sem ter praticado durante muito tempo. Não estava inicialmente previsto aquando da nossa inscrição e da apresentação do currículo de Fevereiro pelo o docente, pois alem disso estava também inicialmente prevista a integração do curso normal de Setembro a partir do terceiro ano… Estamos perdendo a qualidade do ensino prático da escola por não fazer nenhum treinamento prático antes de entrar na clínica, o que nos parece prejudicial para o nosso futuro profissional. Também vamos perder ao nível de aprendizagem da língua, passando mais de 6 meses na França.

Normalmente estava previsto que teríamos 6 meses "brancos" entre fevereiro de 2022 e junho de 2022 (para passar a tese), o que nos permitia então fazer estágios e otimizar esse tempo para escrever a tese e que agora nao vamos ter porque nao vamos poder fazer estagios neste periodo de setembro 2020 até fevereiro 2021.

Pagar a renda de nossos apartamentos que nós teremos que pagar quando nós estaremos em França (porque nós temos apenas 2 cadeiras sem curso de presença). Perdemos quase 12 meses de renda entre os 6 meses do proximo semestre e os 6 mises ao fim do curso.E para continuar a ter a nossa habitação teremos que continuar a pagar a cada mês. É uma grande perda de dinheiro, tanto mais que alguns alunos da turma, contraíram empréstimos bancários para financiar os nossos estudos e devem reembolsar o empréstimo subscrito.

A maior contestação compartilhada por toda a turma é a desigualdade sofrida por nossa turma em comparação com a turma de fevereiro anterior que ela vai ter seu currículo sem alterações e fazer os 6 meses sem nada no final de seus estudos e vai poder fazer mais estágios e preparar a tese. Não é justo que nossa turma não é o mesmo currículo que eles, especialmente com este novo programa desvantajoso.

 


Propomos como solução ter o mesmo currículo que os Fevereiro anteriores ( 2016), ou seja, manter a nossa entrada na clínica em setembro e continuar o nosso ensino até fevereiro 2022, e então ter 6 meses "sem fazer nada" até o passagem da tese, e durante esses seis meses podemos fazer estágios, o que seria benéfico para nós e poderíamos preparar o melhor possível a redação da nossa tese. 

Além disso, o argumento para nos fazer escolher um ingresso em fevereiro era para voltar mais cedo e assim não perder tempo. No final, as promessas não são cumpridas, aceitamos já fazer mais seis meses do que estava previsto.(de fevereiro de 2022 a junho de 2022). Normalmente o ciclo de medicina dentária está programado para durar 5 anos, todas as outras promoções fazem-no em 5 anos, as classes de fevereiro concordam em fazê-lo em 5 anos e meio e nós não aceitamos ter em mais 6 meses "vazio" sem prática e não fazer o mesmo curso que os Fevereiro 2016 o que estava inicialmente previsto. É por isso que não podemos aceitar esta nova organização com mais 6 meses "inactivos" de Setembro de 2020 a Fevereiro de 2021.

A turma 2017, e os pais dos alunos reclamam a manutenção do que estava inicialmente previsto e a entrada em clínica a partir de setembro.

0 a signé. Prochain objectif : 200 !
Quand elle atteindra 200 signatures, cette pétition aura plus de chance d'être inscrite comme pétition recommandée !