Vitória confirmada

UnB sem assédio: pelo afastamento do professor Rafael Santos de Barros e Silva

Este abaixo-assinado foi vitorioso com 5.674 apoiadores!


Hoje as mulheres da UnB lamentam a perda de mais uma colega, vítima de assédio e perseguição. Ontem foi a Louise Ribeiro, hoje foi a Ariadne Wojcik, amanhã pode ser meu nome nas manchetes. Ou o seu.

Nós sabemos o histórico desse tipo de caso e as chances de alguém ser de fato responsabilizado. Sabemos o descaso com que tratam a queixa de mulheres, mas não vamos nos calar e não vamos deixar passar em branco.

No seu último texto, Ariadne escreveu: "Peço, por favor, façam alguma coisa, ele não vai se arrepender, ele não vai parar". E a gente quer fazer nossa parte e confiar que a Universidade de Brasília faça a dela. Por isso, pedimos o afastamento de Rafael Santos de Barros e Silva (citado por Ariadne como a causa de seu suicídio) do cargo de professor até que o caso seja completamente investigado e fique esclarecido se outras alunas sofrem ou não risco semelhante.

Vamos proteger nossas colegas e irmãs que podem estar passando pela mesma situação. Não estamos sozinhas. NÓS POR NÓS!



Hoje: Mari está contando com você!

Mari Lima precisa do seu apoio na petição «Universidade de Brasília: afaste o professor Rafael Santos por perseguir e assediar uma ex-aluna». Junte-se agora a Mari e mais 5.673 apoiadores.