Univali Sem Assédio!

0 pessoa já assinou. Ajude a chegar a 1.500!


Na data de 26 de junho de 2019, a mãe e o pai de uma estudante do CAU, com idade de 11 anos, fizeram uma denúncia em audiência pública na Câmara de Vereadores da cidade de Itajaí: a ocorrência de assédio sexual praticado por um menor de 14 anos, dentro da Univali.

A mãe da criança relata que o Colégio de Aplicação tinha conhecimento dos fatos e não se manifestou propriamente.

Não obstante, relata que a instituição desejava esconder o caso do conhecimento público, salientando a genitora que o procurador da Univali teria afirmado que “o fato teria sido evitado se a mãe educasse direito a filha”.

Este abaixo assinado circula fisicamente no Campus de Itajaí- SC. Entretanto, devido a grande demanda, tornou-se necessário a realização de um abaixo assinado online, para que consigamos ainda mais assinaturas e dessa forma, ainda mais força.

Não iremos deixar que mais um caso seja silenciado.

Até breve! #univalisemassédio

 

 

Documento:

Ofício nº 003/2019


Itajaí, 27 de junho de 2019

À

REITORIA DA UNIVERSIDADE DO VALE DO ITAJAÍ - UNIVALI

Rua Uruguai, nº 458. Centro – Itajaí-SC

A/C: Sr. Valdir Cechinel Filho

       Reitor da Universidade


AO

COLÉGIO DE APLICAÇÃO UNIVALI - CAU

Rua Uruguai, nº 458. Centro – Itajaí-SC

A/C: Sra. Arlete Steil Kumm

       Diretora


Ref.: Denúncia sobre assédio sexual


Prezados Senhores,


Cumprimentando-os cordialmente, viemos à presença de Vossas Senhorias para solicitar esclarecimentos acerca do que será relatado adiante. Na data de 26 de junho de 2019 os pais de uma estudante do CAU, com idade de 11 anos denunciaram, em audiência pública na Câmara de Vereadores da cidade de Itajaí, a ocorrência de assédio sexual praticado por um menor de 14 anos. A mãe da criança relata que o colégio de aplicação tinha conhecimento dos fatos e não se manifestou. Não obstante, relata que a instituição desejava esconder o caso do conhecimento público.


Ocorre que na data de hoje, 27 de junho de 2019, o caso é de conhecimento da maioria dos alunos da Univali, CAU, e da comunidade em geral. Além de indignados com o ocorrido, os estudantes e a população seguem preocupados com uma nova denúncia de assédio no campus, bem como questionam o motivo de a instituição ter agido de tal maneira ante uma situação de elevada seriedade.


Neste sentido, os alunos, bem como os demais signatários da presente, requerem esclarecimentos da Univali e do Colégio de Aplicação acerca do caso. Na qualidade de instituição comunitária, é mister que seja publicamente informado o motivo da omissão do CAU acerca do caso e quais medidas serão tomadas para que referida situação não torne a ocorrer no ambiente estudantil.


Sem mais, a Signatária pede e espera retorno acerca do que fora solicitado. Permanecemos à disposição para quaisquer dúvidas e demais informações que se fizerem necessárias.


Atenciosamente,